Cuiabá,

quinta-feira, 18

de 

abril

 de 

2024
.

Atlético-MG 1 x 3 Flamengo – Mengão cala multidão no Mineirão

Belo Horizonte, MG, 8 (AFI) – Com uma defesa sólida e um contra-ataque fulminante, o Flamengo derrotou o Atlético-MG, por 3 a 1, neste domingo, em pleno Mineirão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, silenciando a torcida atleticana, que mais uma vez lotou o estádio. Petkovic, Maldonado e Adriano marcaram para o Mengão, e Ricardinho fez o único dos donos da casa.

A vitória leva o Flamengo à terceira colocação do Brasileirão, com 57 pontos, somente dois atrás do líder São Paulo. O Atlético-MG, por sua vez, perdeu a chance de assumir a liderança ao lado do Tricolor e caiu para o quarto lugar, com 56 pontos.

Goleiro e zagueiro batem cabeça

Empurrado pela massa atleticana, que como sempre compareceu em grande número, o Galo iniciou a partida tomando a iniciativa e partindo para cima do Flamengo. Mas o time carioca aproveitou uma falha da zaga mineira para abrir o placar. O sérvio Petkovic cobrou escanteio da esquerda, o goleiro Carini vacilou e a bola entrou direto, aos nove minutos.

Na frente do placar, o Flamengo recuou para atrair o Atlético e sair em velocidade nos contra-ataques rápidos. Do outro lado, os donos da casa adiantaram a marcação para sufocar o time carioca. Mesmo com maior posse de bola, o Galo errava muitos passes e pouco ameaçava o goleiro Bruno.

Aos 22 minutos, Carlos Alberto cruzou fechado e Éder Luís tentou desviar de cabeça, mas a bola se perdeu pela linha de fundo. O empate quase veio aos 30. Corrêa lançou para Diego Tardelli, Bruno saiu do gol e afastou errado. A sobra ficou com Éder Luís, que tentou encobrir o goleiro, mas chutou muito forte e a bola foi por cima do gol.

Aos 39, o Flamengo conseguiu seu objetivo de fazer o segundo gol no contra-golpe. O atacante Zé Roberto puxou contra-ataque e tocou para Maldonado, que passou pelo marcador e bateu cruzado no canto direito de Carini, ampliando o placar e silenciando a torcida atleticana, que ouvia a minoria flamenguista ir ao delírio.

Ricardinho recoloca Galo no jogo!

No intervalo, o técnico Celso Roth deixou o time mais ofensivo, colocando o meia Evandro no lugar do voante Renan. Mas foi o Flamengo quem começou a etapa inicial no ataque e quase fez mais um com Zé Roberto, que saiu com velocidade no contra-ataque, mas adiantou a bola e Carini saiu para fazer a defesa.

Aos quatro minutos, o Galo enfim conseguiu descontar. Thiago Feltri cruzou da esquerda, Evandro desvio de cabeça para a área e Ricardinho mandou para o fundo das redes de Bruno com um leve toque. O gol animou o Atlético, que seguiu em cima do Flamengo, que continuava com a mesma estraégia de se fechar e aproveitar um vacilo do time da casa para contra-atacar.

Fecha o caixão!

O Rubro-negro por muito pouco não fez o terceiro com Zé Roberto, que estava em dia inspirado. O atacante fez boa jogada individual, driblou dois marcadores e ficou na cara de Carini, mas tocou para fora. O Flamengo marcava a saída de bola do Atlético, que não conseguia fugir da marcação e pouco criava.

Aos 36 minutos, o time carioca fez o terceiro e sacramentou a grande vitória. Fierro recebeu de Leonardo Moura na direita e cruzou para Adriano, que cabeceou na saída de Carini e ampliou o placar. Com o Galo sem forças para reagir, o time flamenguista tocou a boa e esperou o tempo passar.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 35ª rodada. O Atlético enfrenta o Coritiba, à s 16 horas, na capital paranaense, enquanto o Flamengo joga contra o Náutico, em Recife, no mesmo horário.

Ficha Técnica

Atlético-MG 1 x 3 Flamengo

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte-MG

Árbitro: Leonardo Gaciba-RS

Renda: R$ 984.112,00.

Público: 63.285 pagantes.

Cartões amarelos: Evandro, Serginho (Atlético); Juan, Willians (Flamengo)

Gols: Petkovic, aos 9’/1T, Maldonado, aos 39’/1T e Adriano, aos 36’/2T (Flamengo); Ricardinho, aos 4’/2T (Atlético)

Atlético-MG

Carini; Carlos Alberto, Werley, Benítez e Thiago Feltri; Renan (Evandro), Jonílson, Corrêa (Serginho) e Ricardinho; Diego Tardelli e Éder Luís (Rentería).

Técnico: Celso Roth

Flamengo

Bruno; Leonardo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Airton (Toró), Maldonado, Willians e Petkovic (Fierro); Zé Roberto (Wellington) e Adriano.

Técnico: Andrade

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here