Cuiabá,

domingo, 14

de 

abril

 de 

2024
.

Brasil joga bem e bate os EUA: Mano gostou!

Novo técnico da Seleção Brasileira começa com o pé direito e Brasil faz 2 a 0, com gols de Neymar e Pato


Não poderia ser melhor. A Seleção começou o novo ciclo visando à Copa de 2014 da melhor maneira possível: vencendo a primeira partida sob comando de Mano Menezes, por 2 a 0, com gols de Neymar e Alexandre Pato.


A equipe brasileira começou nervosa, sentindo, naturalmente, a falta de entrosamento. Os Estados Unidos dominaram os primeiros minutos de jogo, mas não chegaram a assustar a meta do goleiro Victor, que não teve trabalho na primeira etapa.


Aos poucos, o time foi se soltando e demonstrando a leveza e ofensidade que tanto era cobrada da Seleção de Dunga. Curiosamente, os dois jogadores que ditavam esse ritmo eram os dois titulares remanescentes da equipe do ex-treinador: Robinho e Ramires.


Do primeiro, aos 28 minutos, saiu a jogada que deu origem ao primeiro gol brasileiro. O Rei do Drible abriu para André Santos pela lateral esquerda, um dos pontos fracos da equipe que foi à África do Sul, que cruzou, e Neymar completou de cabeça, no contrapé do goleiro norte-americano.


Já Ramires, alguns minutos depois, após receber bom passe de Paulo Henrique, deixou Alexandre Pato na cara de Howard, que nada pôde fazer para evitar o drible e a conclusão do brasileiro, que ampliou o placar.


A boa jogada de Ramires revela outra nova face da Seleção Brasileira, agora de Mano Menezes: os volantes são mais do que meros marcadores dentro de campo. Lucas e Ramires saem para o jogo e ajudam a armar a equipe brasileira, desafogando o meia, que, no jogo desta terça-feira, era Paulo Henrique Ganso.


Benja analisa as atuações e quer saber o que você acha


O panorama da partida continuou o mesmo até o fim, com o Brasil criando chances, e jogando com muita velocidade. Um estilo muito mais plástico do que nos acostumamos a ver nos últimos quatro anos. De negativo, a má atuação de Daniel Alves, que tende a ser reserva de Maicon durante o próximo ciclo, além de Alexandre Pato que, a despeito de ter marcado o segundo gol brasileiro, não fez um grande jogo, desperdiçando oportunidades devido ao excesso de preciosismo.


A estreia da Seleção Brasileira de Mano Menezes deve despertar dois sentimentos na torcida, que devem perdurar até o próximo jogo da Seleção. O primeiro é esperança, pelo bom futebol apresentado pela equipe na partida desta terça-feira. O segundo é o ressentimento, por saber que nada do que foi apresentado neste jogo não poderia ter sido mostrado nos campos da África do Sul…


FICHA TÉCNICA:
ESTADOS UNIDOS 0 X 2 BRASIL


Estádio: New Meadowlands, em Nova Jersey (EUA)
Data/hora: 10/8/2010 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Silviu Petrescu (CAN)
Auxiliares: Joseph Fletcher (CAN) e Daniel Belleau (CAN)
Renda/público: Não disponíveis.
Cartões amarelos: David Luiz (BRA)
Cartões vermelhos: Nenhum.
GOLS:Neymar, 28’/1ºT (0-1); Alexandre Pato, 45’/1ºT (0-2)


ESTADOS UNIDOS: Howard (Guzan, Intervalo), Spector, Gonzales, Bocanegra (Goodson, 16’/2ºT) e Bornstein; Bradley, Bedoya (Gomez, 21’/2ºT), Feilhaber (Altidore, Intervalo) e Donovan (Finley, 16’/2ºT); Edu e Buddle (Kljestan, Intervalo). Técnico: Bob Bradley.


BRASIL: Victor, Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva e André Santos; Lucas, Ramires (Hernanes, 13’/2ºT) e Paulo Henrique Ganso (Jucilei, 44’/2ºT); Robinho (Diego Tardelli, 35’/2ºT), Neymar (Ederson, 26’/2ºT ) (Carlos Eduardo, 29’/2ºT) e Alexandre Pato (André, 21’/2ºT). Técnico: Mano Menezes.

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here