Cuiabá,

segunda-feira, 15

de 

abril

 de 

2024
.

IX Copa da República

O melhor do ciclismo nacional de estrada, no masculino e feminino, estará reunido em Brasília neste final de semana. O motivo é a disputa da nona edição da Copa da República de Ciclismo, uma das mais importantes competições do calendário nacional. A disputa será em um circuito de 2,3 km montado na Esplanada dos Ministérios, um dos pontos turísticos de Brasília. Neste ano, a prova servirá como seletiva para a Copa América 2011, programada para o dia 9 de janeiro. O evento começará as 8h15, com o feminino, com percurso entre 6 e 8 voltas, seguido pelo masculino, de 12 a 16 voltas, largando à s 9h30. A Rede Globo de Televisão mostrará a IX Copa da República ao vivo, dentro do Esporte Espetacular.

A programação oficial começa neste sábado, com a entrega do kit, das 15h à s 19h, no hotel oficial, o Saint Paul, na SHS Quadra 2, Bloco H, fone (61) 2102-8400. No mesmo dia, também no hotel, a partir das 19h, ocorrerá o Congresso Técnico com as equipes. Os ciclistas poderão treinar no circuito oficial no dia 18, em dois períodos, das 9h à s 12h, e das 13h30 à s 15h.

Um evento dinâmico e de muita emoção do começo ao fim. Assim é a Copa da República de Ciclismo em Brasília, que pela sexta vez é disputada na Capital Federal. O percurso praticamente plano da Esplanada, de 2,2 km, permite que a prova seja muito rápida e decidida nos detalhes. Sua curta duração também faz com que as estratégias das equipes sejam mudadas em função de uma prova de pura explosão e que sempre tem finais disputadíssimos.

Entre os destaques confirmados estão os vencedores da competição, como Nilceu Aparecido Santos, vencedor em 2007 e 2009, Roberto Pinheiro da Silva, campeão em 2008, ambos da equipe Funvic/Marcondes Cesar/Gelog/Taruma, de Pindamonhangaba (SP); Francisco Chamorro, ganhador em 2007, da São José/Cannondale, de São José dos Campos (SP); e Rodrigo “Morcegão” de Brito, tricampeão (02/03/05), da Unicesp/Neocom/JC Gontijo, de Brasília. No feminino, as atrações são Uênia Fernandes, campeã da prova em 2005; e Márcia Fernandes, vencedora em 2007, ambas do Clube Fernandes de Ciclismo, de Goiânia, e Janildes Fernandes, primeira colocada em 2004, da São José/Cannondale.

Apenas equipes convidadas participam da Copa da República. No masculino participarão 20 equipes, sendo as cinco primeiras do ranking da CBC até dia 15 de novembro, e as demais a critério da organização. Cada equipe deverá ter no mínimo quatro e no máximo cinco atletas, sendo que o limite da prova é de 150 participantes. No feminino, por sua vez, a disputa é individual e aberta, e foram convidadas as 15 ciclistas mais bem colocadas no ranking até dia 15/11.

Com isso, a relação de participantes no masculino ficou assim: Funvic/Marcondes Cesar/Gelog/Taruma, de Pindamonhangaba (SP), FW Engenharia/Amazonas Bike, do Rio de Janeiro; Suzano Ecus/ GTK/Clicomania/Protek, de Suzano (SP); São Sebastião/Suum /JBike/CST, de São Sebastião (SP); São José/Cannondale, de São José dos Campos (SP); Padaria Real-Céu Azul Alimentos, de Sorocaba (SP); GRCE Memorial/Prefeitura de Santos/Giant, de Santos (SP); Altolim, de Assis (SP); SER Cidade Verde, de Mato Grosso; Velo/SEME, de Rio Claro (SP); Clube DataRo, de Foz do Iguaçu (PR); CESC São Caetano/PZ Racing/Kuruma/DKS Bike, de São Caetano do Sul (SP); Fiec/Bike Fun, de Campinas (SP); PM Guarulhos/Galic/Levorin, de Guarulhos (SP); São Lucas/Giant/Ciclo Ravena, de Americana (SP); Clube Fernandes de Ciclismo, de Goiânia; Unicesp/Neocom/JC Gontijo, de Brasília, Associação Esportiva e Cultural Metodista/Thule/ZR/Gapiza, de São Bernardo do Campo (SP), além da seleção de Brasília. Por Mato Grosso, correm os atletas André do Prado, Júlio Rieder, Renan de Souza e Railson Matheus.

Campeões:

Nilceu Aparecido Santos foi o último vencedor da disputa no masculino, com o tempo de 34min01seg650 para as 12 voltas realizadas. Já no feminino, Luciene Ferreira levou a melhor, com a marca de 20mibn34seg985 para as seis voltas programadas. Na história da competição, o maior vencedor entre os homens de Rodrigo de Brito, o Morcegão, que ganhou em 2002, 2003 e 2005. Nilceu foi o melhor em duas oportunidades, 2007 e 2009, enquanto Renato Ruiz (2004), Francisco Chamorro (2006) e Roberto Pinho (2008) têm uma vitória cada.

A relação de vencedores é a seguinte:

2002 – Rio de Janeiro – Rodrigo “Morcegão” de Brito e Clemilda Fernandes

2003 – Brasília (DF) – Rodrigo “Morcegão” de Brito e Clemilda Fernandes

2004 – Brasília (DF) – Renato Ruiz e Janildes Fernandes

2005 – Brasília (DF) – Rodrigo “Morcegão” de Brito e Uênia Fernandes

2007 – Brasília (DF) – Francisco Chamorro

2007 – Belo Horizonte (MG) – Nilceu Aparecido Santos e Márcia Fernandes (BH)

2008 – Rio de Janeiro – Roberto Pinho da Silva e Janildes Fernandes

2009 Brasília (DF) Nilceu Aparecido Santos e Luciene Ferreira

A IX Copa da República de Ciclismo tem patrocínio de Oi, Caixa, Wizard e Sedex, com apoio especial do GDF e apoio de Montevérgine e Thule. A realização e a organização são da Rede Globo e Yescom, com supervisão da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), Federação Metropolitana de Ciclismo (FMC) e Ideeia Instituto de Desenvolvimento do Esporte, Educação e Inclusão.

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here