Cuiabá,

sexta-feira, 19

de 

abril

 de 

2024
.

Joaninha faz manobra inédita no dia do aniversário

Leg: Joaninha executa backflip double can indian air


Para alguns atletas, a chegada da idade pode representar perda de rendimento, mas para o tri-campeão da Copa Brasil de Freestyle Motocross, Gilmar “Joaninha” Flores, representa evolução. No dia em que completou 29 anos (14 de setembro), o mato-grossense conseguiu executar outra manobra nunca antes realizada por um brasileiro: o backflip double can indian air.


Na novidade, enquanto faz o giro do backflip, Joaninha joga o tronco do corpo e as duas pernas para a lateral da moto e dá uma pedalada cruzando as pernas. “É uma manobra que comecei treinar há três meses e ainda não pude executar em campeonatos. Melhor porque consegui fazer no dia do meu aniversário e no show do aniversário de Sinop”, destacou.


O show também serviu para captação de imagens que serão colocadas no DVD da equipe Joaninha Pro Tork Freestyle Show, que será lançado em fevereiro do ano que vem.


Pelos próximos três meses a equipe deve cumprir uma agenda pelo interior do país e têm ainda pela frente uma competição mundial em Fortaleza (CE) e o Salão Duas Rodas, em São Paulo (SP).


Nestes locais serão feitas novas captações de imagens, além de outra locação prevista para a cidade de Siqueira Campos (PR), onde fica a sede da Pro Tork, patrocinadora da equipe e agora do DVD.


NOVIDADES DE ANIVERSÁRIO – Joaninha destacou que o show realizado em Sinop foi especial para a equipe, que apresentou pela primeira vez outros dois pilotos da cidade que integram a equipe, além do já consagrado Marcos Paris, que tem 29 anos e treina FMX desde 2004.


Marcos Paris também apresentou novidade. Pela primeira vez realizou o superman indain air one hander. “Eu faço o superman só com uma mão e cruzo as pernas”, explicou. Paris ainda apresentou supernan, superman indiana ir, shaolin, scorpion.


Japinha é o mais “experiente” das novidades. Com 17 anos o piloto treina FMX há sete meses e já faz manobras como cordova, striper, double can, shaolin e stale fish. Em algumas manobras o piloto pousa sem as mãos. “Hoje realizei um sonho. Depois de ter quebrado a perna e perder um show em Sinop, consegui me apresentar em casa, na frente da minha família”, disse.


Zóio é o piloto mais novo da equipe. Tem 16 anos e treina há dois meses. Tem no repertório manobras como superman, cordova, shaolin, wip, nothing no hander lander e double can.


HOMENAGEM – No fim do show Joaninha ganhou um capacete de presente. A homenagem foi da prefeitura de Sinop.    


O capacete foi pintado pelo artista plástico Dilo Boy, que desenhou o símbolo da equipe e o brasão da cidade. 


A técnica utilizada é a aerografia. Usando um aerógrafo o artista consegue fazer traços tão finos quanto a espessura de um fio de cabelo.


Dilo Boy é um artista de Sinop e pinta há oito anos. Os principais trabalhos estão nos capacetes da equipe Joaninha Pro Tork Freestyle Show.


Mas motos de ruas, carros e quartos infantis também recebem as pinturas do artista.

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here