Foto:Arquivo


Há pouco mais de três meses para o inicio do Campeonato mato-grossense de futebol de 2019, a Federação Mato-grossense de Futebol ainda não fechou contrato para os direitos de transmissão na TV e aberta e ainda não conseguiu fechar patrocínio para a próxima temporada. 

Essa é uma dura realidade para todos os campeonatos estaduais do país, que a muito tempo vem sendo criticado pela sua forma de disputa e pelo pouco valor dado pelos grandes clubes.
 
Em Mato Grosso o problema ainda é agravado pela falta de profissionalismo dos clubes, que nos últimos anos tem resolvido as disputas principalmente fora dos gramados, no famoso “Tapetão”.  O que diminui cada vez mais a credibilidade da competição e distancia o torcedor das arquibancadas.
 
As baixas audiências, médias de público e principalmente retorno financeiro tem assombrado os campeonatos estaduais nos últimos anos. Sem contar que para os principais clubes do país, os tradicionais campeonatos estaduais já não tem a mesma importância e acabam inchando os calendários e servindo apenas de pré-temporada para as competições mais importantes do ano.
 
Se isso é um problema para os estaduais com grandes clubes, como no Paulista, Carioca e Mineiro imagina para os menos atraentes e com clubes menos expressivos nos últimos anos no cenário nacional.
 
 
 

Por: Redação