A Superliga Centro-Sul do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano acaba de começar e já tem confronto com cara de final de temporada. Pois é assim que os jogadores do Cuiabá Arsenal e Coritiba Crocodiles devem encarar o duelo deste domingo (16/08), às 14, no Clube Imperial, em Curitiba, no Paraná. Isso porque foram os próprios paranaenses que acabaram com o sonho do Arsenal em se tornar tricampeão no ano passado e, desta vez, a história deverá ser diferente, é o que garante o presidente da equipe, Paulo César Ribeiro.

O Cuiabá Arsenal contará com 51 atletas que embarcam às 21h de sexta rumo à segunda partida da equipe na temporada. “Sabemos do tamanho do desafio que será essa partida, no entanto, também estamos seguros do nosso potencial enquanto atletas e do quanto crescemos neste último ano. Todos estão com muita vontade de jogar e de trazer um bom resultado para nosso Estado”, afirmou Ribeiro.

A equipe terá apenas três desfalques, um deles é o americano, que também é técnico da equipe, Kenneth Joshen. Também o João Rodezio Araújo (Rodinha), que é defensive back e Luis Fernando, que atua como center.

De acordo com o técnico da equipe, Kenneth Joshen, faz um longo tempo que os atletas estão se preparando para este momento. “Nosso maior obstáculo até agora é mental. Estamos nos preparando para a longa viagem de ônibus, sabendo que teremos um jogo completo com pouco descanso”, explicou.

Ele também lançou um desafio para a equipe. “Eu desafio meus atletas a fazer duas coisas para mim, a primeira é jogar agressivamente, a segunda é jogar por 60 minutos. Porque quando nós jogamos por 60 minutos, ninguém no país pode nos vencer”, pontuou.

Foto: Rogério Florentino Pereira

Por: Caroline Pinnow/ Assessoria Arsenal