O Cuiabá Arsenal está na reta final da Superliga Centro-Sul do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano. Faltam apenas dois jogos para a equipe garantir uma vaga na final e, quem sabe, ter a chance de disputar o título na Arena Pantanal. Para isso, o time precisa ajustar detalhes importantes que podem ser decisivos daqui para frente. O próximo adversário é o White Sharks, dia 11 de outubro, às 14h, em Jaciara.

De acordo com o treinador da equipe, Kenneth Joshen, a partida contra o White Sharks será decisiva, já que a equipe precisa se manter na liderança da chave para ter direito de escolher onde quer jogar a final. “Estamos muito focados neste jogo e cientes de que precisam evoluir em campo. A equipe Sharks perdeu apenas uma partida até agora. Certamente dará muito trabalho vencê-los”.

Em relação a mudanças na equipe, o técnico tende a não fazer grandes ajustes. “Nós apenas precisamos arrumar coisas simples, diminuir turn overs e faltas, além de executar de forma mais precisa as jogadas.  Temos quase 20 dias para isso”, concluiu.

O Cuiabá Arsenal é o líder da Superliga com um saldo de 45 pontos. A equipe venceu os quatro jogos que disputou. Em segundo lugar está o Coritiba Crocodiles, com três vitórias, uma derrota e saldo de 46 pontos. O White Sharks é o terceiro colocado na lista de classificação com duas vitórias e uma derrota. A equipe disputou três partidas até agora. O saldo de pontos é negativo (-2).

Com sete equipes na disputa da conferência, é a vez do Cuiabá Arsenal 'folgar' na rodada deste fim de semana.

Foto: Rogério Florentino Pereira

Por: Redação