Os atletas da modalidade do Ciclismo Olímpico entram na fase final de preparações, visando uma excelente participação nos Jogos Escolares, sediados em Londrina (PR), do dia 12 a 15 de novembro.

“Toda delegação mato-grossense tem suporte e apoio por parte do Governo de Mato Grosso, com passagens aéreas e deslocamento. A cidade sede entra com as hospedagens e alimentações. Na verdade esta competição tem ares de Olimpíadas e para os atletas é de fundamental importância uma bela atuação” afirma Manoel Lima, presidente da Federação Mato-grossense de Ciclismo (FMTC).

O ciclismo faz três competições distintas que são: Contra-relógio, prova por pontos e resistência. Mato Grosso será representado pelos ciclistas Renan Miqueletti (Rosário Oeste), Beatriz Koetzler e João Victor Soares, ambos de Tangará da Serra.  Miqueletti, por estar no seu último ano de categoria (A), tem as melhores chances de títulos neste evento nacional, que é uma vitrine para os jovens atletas. Renan parte em busca do primeiro lugar na competição de resistência e também na prova por pontos (a competição tem cinco chegadas, e cada atleta que passar em primeiro lugar, recebe três pontos. Aquele que fizer o maior número de pontos é o campeão).

Manoel Lima avalia que os atletas tem chances reais de ficarem entre os primeiros.

“Renan passa por uma excelente fase, tanto tática, como técnica. Está focado, tem duas propostas de grandes clubes de ciclismo para 2016, e sem dúvida alguma, ser campeão em aos menos uma modalidade fará muito bem para ele”, finaliza o presidente.

Foto: Divulgação

Por: Redação