O saldo do ano terminou positivo para o tenista mato-grossense, Richard Gama que faturou o 6º lugar do ranking nacional, na categoria de 12 anos. O atleta competiu em doze torneios da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), de janeiro até outubro de 2015, e oito deles foram válidos para o cálculo do ranking. O menino conquistou três medalhas de ouro e uma de prata nas disputas individuais e outra prata em duplas. No próximo ano vai para a categoria 14 anos.

A principal conquista do tenista foi o ouro da 2ª etapa do Circuito Nacional dos Correios, que ocorreu de 16 a 24 de maio, em Itajaí (SC). Venceu Matheus Bueres nas oitavas por dois sets a um. Atropelou Tiago Sowek nas quartas por dois sets a zero (parciais de 6/1 e 6/0). Depois João Loureiro de virada na semifinal por dois sets a um (2/6, 6/2 e 6/0). E ganhou o lugar mais alto do pódio contra Vinícius Rodrigues por dois sets a zero (parciais de 6/2 e 6/2).

“Foi um torneio difícil. Os oponentes não deram moleza. Mas me diverti muito, pois consegui apresentar em quadra tudo que tenho treinado. Cheguei na final num super pique e com a moral em alta. Joguei bastante confiante. Acertava as bolas onde queria. E o resultado apareceu. Agora na próxima temporada vou jogar na categoria de 14 anos. Será um desafio ainda maior. Terei 13 anos e vou estar numa categoria com atletas de até 14, que entraram um ano antes”, diz Gama.

O mato-grossense também foi campeão em duas etapas do Circuito Paulista de Tênis, na 1ª fase realizada de 6 a 9 de janeiro, e na 2ª de 10 a 13 de janeiro, ambas em São Paulo (SP). Na primeira venceu Victor Bini na semifinal por dois sets a zero e depois de Matheus Bueres na final por dois sets a zero (6/4 e 6/3). Na segunda ganhou de Gabriel Generoso nas quartas por dois sets a zero e depois de Henrique Nogueira por dois sets a zero (parciais de 6/1 e 6/2).

“Richard começou 2015 com ótimos resultados. Já em janeiro foi campeão de duas etapas do Circuito Paulista, que é dos mais difíceis do país. E as vitórias foram primordiais dentro de quadra. Deixaram ele ainda mais motivado por novas vitórias. E nem demorou muito, em maio conquistou uma fase do Circuito Nacional dos Correios. É bom ter um início de ano forte. E agora pouco voltou da Copa Guga Kuerten com duas pratas”, disse o técnico, Emerson Gonçalves.

Para arrematar, o tenista foi selecionado para integrar a equipe do Instituto do Tênis, em São Paulo. Uma instituição que investe em jovens talentos, de 10 a 19 anos, de todo o país com o objetivo de formar tenistas capazes de ocupar o posto de número 1 do mundo. E para isso possui um programa diferenciado que envolve profissionais especializados em diversas áreas e ampla rotina de treinos. Richard vai morar na entidade e treinar no Centro de Excelência da instituição.

Foto: Assessoria Richard Gama

Por: Redação