Foto:Júnior Martins/Cuiabá Arsenal


O Cuiabá Arsenal derrotou o Sorriso Hornets pelo placar de 49 a 3, em partida disputada no último sábado (14), no campo da Prosol, em Cuiabá. Com a vitória, o Arsenal já se garante na final do Campeonato Mato-grossense de F.A.

No outro jogo do final de semana, o Rondonópolis Hawks atuou no Luthero Lopes e aplicou um 48 a 0 no Tangará Taurus. A equipe do sul mato-grossense ainda tem chances de se classificar à final.

Brasileiro unificado

A Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) anunciou no sábado a unificação do Campeonato Brasileiro, que terá equipes separadas em duas divisões, a Super Liga (equivalente à 1ª divisão) e a Liga Nacional (2ª divisão).

A Super Liga terá 31 times, divididos em quatro conferências, cada uma com dois grupos, algo semelhante às conferências e divisões da NFL norte-americana. Dentre as oito chaves, a única com três equipes é a do Coritiba Crocodiles*, algoz dos cuiabanos em 2015.

A abertura será entre Arsenal e Corinthians Steamrollers, 9 de julho, na Arena Pantanal. Além de ser o primeiro jogo da Conferência Oeste, o confronto celebra o aniversário de uma década de ambas equipes.

 

Conferência Nordeste

Grupo A: América Bulls (RN), Ceará Caçadores (CE), Recife Pirates (PE) e Ufersa Petroleiros (RN)

Grupo B: João Pessoa Espectros (PB), Recife Mariners (PE), Sergipe Redentores (SE) e Vitória FA (BA)

Conferência Leste

Grupo A: Botafogo Challengers (SP), Minas Locomotiva (MG), Rio Branco Cabritos (ES) e Vila Velha Tritões (ES)

Grupo B: Botafogo Reptiles (RJ), Flamengo FA (RJ), Vasco da Gama Patriotas (RJ) e Santos Tsunami (SP)

Conferência Oeste

Grupo A: Campo Grande Predadores (MS), Cuiabá Arsenal (MT), Goiânia Rednecks (GO) e Tubarões do Cerrado (DF)

Grupo B: Corinthians Steamrollers (SP), Lusa Lions (SP), São Paulo Storm (SP) e Sorocaba Vipers (SP)

Conferência Sul

Grupo A*: Coritiba Crocodiles (PR), Brown Spiders FA (PR) e São José White Sharks Istepôs (SC)

Grupo B: Foz do Iguaçu Black Sharks (PR), Juventude FA (RS), Paraná HP (PR) e Timbó Rex (SC).

Por: Olhar Esportivo