Foto:Marcos Vergueiro


 Representantes das secretarias municipais e estaduais envolvidas na organização do revezamento da Tocha Olímpica em Cuiabá se reuniram nesta terça-feira (7), na Secretaria Estadual de Turismo, para apresentar a logística de trabalho a ser executada nos dias 23 e 24 de junho quanto às questões de segurança, saúde e rota turística. A tocha será carregada por 136 condutores e o percurso será de aproximadamente 23 quilômetros.

O trajeto de revezamento foi iniciado no dia 3 de maio em Brasília e termina no dia 4 de agosto no Rio de Janeiro. Conforme a programação da Secretaria Estadual de Turismo, a tocha chega ao Aeroporto Internacional Marechal Rondon às 10h, cumpre a programação em Várzea Grande e segue para o Comando Geral da Polícia Militar às 14h, onde será acesa, continua o trajeto sentido Praça das Bandeiras, Getúlio Vargas e termina na Arena Pantanal com programação até às 22h. No dia 24 o revezamento será feito nos municípios de Nobres, Chapada dos Guimarães e Pantanal.

Além de seguir as recomendações do Comitê Olímpico, os organizadores também devem cumprir demandas do Ministério da Saúde quanto à disponibilização de ambulâncias, sala de atendimento na Policlínica do Pascoal Ramos, UPA da Morada do Ouro e inspeção em hotéis para assegurar boas condições de preparação de alimentos e qualidade da água.

O revezamento Várzea Grande contará com recepção no Hangar, decoração com temas regionais e passagem por 7 pontos culturais, com a participação das redes públicas e privadas de ensino. Na cidade, 8 atletas farão o revezamento.

“Nossa maior preocupação é como cada um pode atuar. Faremos uma força-tarefa para que tudo saia como o planejado e para que consigamos divulgar nossos atrativos turísticos de forma que enriqueça estas cidades turística e culturalmente”, destacou o secretário-adjunto de turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Luis Carlos Nigro.

A exemplo do que foi feito em outros Estados, a troca dos condutores da tocha será feita, preferencialmente, em frente aos pontos turísticos de cada lugar por onde a tocha passar, para que belas imagens possam ser registradas.

De acordo com o secretário-adjunto de Turismo de Cuiabá, Jefferson Moreno, o município já está se organizando para realizar serviços de limpeza, pintura e embelezamento da cidade. Pontos de coleta para auxiliar os condutores da tocha serão montados no Comando Geral, Praça das Bandeiras, Secretaria Estadual de Cultura (antigo Moitará), Complexo Dom Aquino, Colégio Liceu Cuiabano e Palácio das Artes.

“Já alinhamos com as secretarias todos os procedimentos necessários e nos próximos dias iniciam o processo de preparação da cidade. Será um trabalho similar ao que foi feito durante a Copa do Mundo de 2014, só que nos principais pontos designados para o revezamento da tocha”, explicou.

O mesmo procedimento deve ser adotado na Arena Pantanal onde será feita uma grande celebração. “Inicialmente está prevista uma sala para atender o comitê, estrutura de palco, som e iluminação para shows”, contou a coordenadora de marketing da Secretaria Estadual de Turismo, Simone Lara.

Estiveram presentes na reunião representantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-MT), Vigilância Sanitária, Arena Pantanal, Nissan, TV Centro América e secretarias Estaduais Educação, Saúde, Segurança Pública e Esporte e Lazer.

Por: Redação


Otaviano será um dos condutores da Tocha (Foto: Leandra Benjamin/Bradesco)