Foto:Arquivo pessoal de Gabriel Santos


 Gabriel Santos, um tenista mato-grossense de 19 anos, sagrou-se campeão em jogo de duplas em torneio internacional, no Saratoga Open de Tênis, realizado entre os dias 20 e 23 de junho, com o parceiro Ajith Kumar, na United States Tennis Association (USTA), na Califórnia (EUA). Ele também subiu ao pódio, na posição de vice-campeão, em jogo de simples (individual). Foi o primeiro torneio que o jovem talento disputa após migrar para a terra do Tio Sam.

“O Saratoga Open é um torneio de nível muito forte. Eu fiz o máximo possível de partidas para adquirir ritmo e experiência. Por isso participei da disputa de simples e duplas. Pois as condições aqui são completamente diferentes do Brasil. No Brasil, a maioria das quadras é de saibro. Nos EUA o piso é diferente em quase 100% delas. São quadras rápidas. E já conquistar dois bons resultados na primeira participação é motivo de celebração”, comenta Gabriel Santos.

A principal diferença entre as quadras de saibro para as de cimento é a forma como a bola quica em cada piso. No saibro a bola quica devagar, o que dá mais tempo para os tenistas defenderem as rebatidas. Por isso normalmente os pontos acabam decididos só depois de longas trocas de golpes. Já no cimento não tem nada disso. A bola quica rápido e fica difícil defender as pancadas mais fortes. A quadra de grama é boa para jogadores mais agressivos. Já o saibro para quem prefere trocar bola, como faz Gustavo Kuerten, o Guga.

Duplas

Nas quartas de final, Gabriel Santos e Kumar venceram Kancharla e Moran por oito games a quatro. Depois, nas semifinais, obtiveram vitória contra Chung e Kermin por placar de 8 games a três. E, na final, com certo controle da partida, demonstraram supremacia ao ganhar de Matta e Mehmedovic por oito games a três, consagrando ambos como campeões do Saratoga Open.

Simples

Nas oitavas de final, Gabriel Santos venceu Gabriel Pizzolato com placar de dois sets a zero e parciais de 6/4 e 6/3. Depois, nas quartas de final, atropelou Nathan Ferro por dois sets a zero e parciais de 6/4 e 6/1. Na semifinal, comandou a partida contra Nathan Fekadu também por dois sets a zero e parciais de 6/4 e 6/2. Até chegar na final, em que enfrentou Aditya Kishen com persistência, mas foi superado por dois sets a zero e parciais de 4/6 e 4/6. Ficou como 2º lugar.

Por: Redação


Gabreil e seu parceiro Kumar