Foto:Júnior Martins/Cuiabá Arsenal


 Com público de 11.798 torcedores, abaixo dos 16 mil esperados pela diretoria do Cuiabá Arsenal, o time venceu o Corinthians Steamrollers por 26 a 7 em partida válida pela 1ª rodada da Conferência Oeste da Superliga Nacional. O número de expectadores ficou muito próximo da estimativa que o Olhar Esportivo realizou ao final do espetáculo na Arena Pantanal.

Ponto a ponto

O 1º quarter terminou empatado sem pontos, mas serviu para as equipes testarem estratégias até encontrarem falhas na defesa adversária. Foi aí que Brandon “The Rocket” Watkins abriu o placar, no 2º quarter, com touchdown (TD) de corrida por cima da linha de defesa paulista, o extra point foi bloqueado (06 x 00). Em seguida, num retorno de punt, The Rocket corre de endzone a endzone e marca TD. Dessa vez ponto extra convertido por Raulin Leal (13 x 00).

Após o intervalo, The Rocket recebe a bola das mãos do quarterback (QB) Marcelo Roversi e corre pela lateral até concluir mais um TD. Raulin Leal converte o ponto extra para os donos da casa (20 x 00). Em seguida o técnico principal e jogador, Kenneth Joshen, o “KJ”, intercepta um passe do Steamrollers e corre até adentrar na enzone do rival. Extrapoint mais uma vez bloqueado e placar em 26 a zero.

No último período o Cuiabá Arsenal tentou ampliar o resultado, mas a defesa corintiana reagiu e conseguiu segurar o ataque mato-grossense. O Steamrollers marcou seu primeiro touchdown com passe, converteu o ponto extra e evitou encerrar com placar zerado. Os donos da casa insistiram mais um pouco, fizeram duas interceptações, uma de Kenneth Joshen e outra de Lucas Guilhotina, mas ainda assim o placar se manteve e a partida terminou (26 x 7).

“O Cuiabá Arsenal conseguiu impor estratégia e o próprio ritmo de jogo sobre o Corinthians. O time fez muitas faltas e o ataque podia ter feito mais pontos. A defesa foi excelente e atingiu o objetivo de parar o rival. Nosso ataque ainda precisa melhorar, jogamos essencialmente com corridas e passes curtos, pois eles tinham muitos safetys no fundo”, analisou o técnico KJ.

Por: Olhar Esportivo


Torcedores vibraram com a partida