Foto:Júnior Martins/Cuiabá Arsenal


 O Cuiabá Arsenal venceu por 30 a 14 o Campo Grande Predadores em jogo válido pela Superliga Nacional de Futebol Americano, nesse domingo (7), no estádio Jacques da Luz, em Campo Grande. Confira como foi o scout da partida.

1º Quarto: Após alguns drives sem os ataques produzirem, as defesas abriram o placar. Com a linha de scrimmage do Arsenal quase dentro da end zone, o lineman do Predadores, Andrei Felipe da Silva invade o pocket, corre para cima do quarterback Marcelo Roversi e o derruba dentro da end zone. Uma jogada chamada de safety e que vale dois pontos para o defensor. Placar de dois a zero para os donos do estádio (0x2).

Não muito depois do safety, o quarterback do Predadores tenta um passe nas costas dos linebackers, mas é interceptado pelo free safety Kenneth Joshen, que corre trinta jardas até adentrar na end zone. Era o primeiro touchdown (TD) da partida e marcado pela defesa do Arsenal. Na sequência as equipes se posicionaram para o extra point (XP) e o kicker Raulin Leal encesta para ampliar o placar (7x2). Então partem para o segundo quarto.

2º quarto: As defesas continuaram a impedir os avanços dos ataques. O Cuiabá Arsenal chegou perto da end zone adversária, tentou um field goal (FG) de 40 jardas num 4º down, mas Raulin Leal pôs para fora das metas. O Predadores recebe a posse da bola, mas sem demora são interceptados pelo linebacker Igor Mota. O ataque mato-grossense retorna para o campo e com dificuldade de conquistar jardas, parte para outro FG. Raulin chuta e emplaca (10 x 2).

3º quarto: O Predadores começa com a posse da bola e um touchdown. Um passe de cerca de 30 jardas direto nas mãos do wide receiver Felipe Alves. Foram para a XP, mas a linha foi invadida e a bola ficou no holder (10x8). Com a posse, o Arsenal não perde tempo e marca TD de corrida de 40 jardas. O quarterback (QB) Daniel Pereira entrega para o running back Brandon “The Rocket” Watkins correr e marcar. O kicker Raulin Leal perde o ponto extra (16x8).

Na sequência, Arsenal chuta e Predadores retorna para touchdown com André Borges. Tentam fazer do ponto extra uma conversão de dois pontos (para empatar o placar), mas o passe não chega nas mãos do wide receiver (16 x 14). A bola retorna para o Arsenal, que marcha rumo a end zone rival. E o quarterback Vinícius Alexandre Lara lança a bola, 30 jardas, direto nas mãos do também wide receiver, Kenneth Joshen. Dessa vez Raulin acerta (23 x 14).

4º quarto: O Predadores logo de início sofre interceptação do free safety (FS) Kenneth Joshen. O ataque do Arsenal tenta um field goal, mas a bola sai por fora das traves. O ataque do Predadores marcha no campo, encosta as costas da defesa do Arsenal na end zone, faz um passe para dentro dela, mas Hanay Gonçalo intercepta dentro da end zone e mantém o placar. Arsenal ataca sem eficiência e a posse da bola retorna aos donos da casa.

O relógio apontava os últimos minutos quando o QB Alexandre Vinícius marca com corrida de Brandon. Extra point de Raulin Leal e placar final de 30 x 14.

Por: Redação