Foto:Júnior Martins/FMTTM


 Todos os líderes de ranking foram vencidos na 8ª etapa do Torneio Estadual de Tênis de Mesa, realizado no último sábado (27), no CTKano, em Cuiabá. Rafael Yonecubo, Marcus Hatakawama, Moisés Araújo e Henrique Medeiros foram os campeões da vez.

Na categoria principal (rating A), Rafael Yonecubo (2º do ranking) passou pela fase de grupo e, na fase mata mata, venceu nas quartas de final, nas semifinais e superou o favorito Américo Mariama (1º do ranking) na final por placar de três sets a um. Mariama segue líder do ranking com 1920 pontos, Yonecubo em segundo com 1860 e Sebastião Silva em terceiro com 785.

“O tênis de mesa é um jogo complexo. Como se fosse um xadrez com mesa e bolinha. Precisa ter força de vontade, preparo físico e mental. Acho que meu saque e minha recepção foram essenciais nessa vitória. Meu adversário da final estava com uma certa dificuldade para receber meu saque. Muito por conta do tipo de raquete que usava. O material de que é feito a raquete é muito importante”, diz Yonecubo, um ourives de 36 anos.

No rating B, Marcus Hatakawama (5º do ranking) venceu João Vitor Carneiro (1º do ranking) na final por placar de três sets a zero. Mas Carneiro segue líder do ranking com 875 pontos, seguido por Getúlio Queiroz com 565 pontos e Arthur Polonês em terceiro com 525. O Hatakawama está empatado na quinta posição junto com Alano Arraes e Walter Kawahara.

No rating C, Moisés Araújo (3º do ranking) foi o campeão sobre Roberto Zanin por placar de três sets a zero. Walter Kawahara segue líder com 450 pontos, Enzo Matsubara em segundo com 305, Moisés Araújo em terceiro com 300 pontos e Luiz Carlos Nascimento e Milena Morimoto empatados em quarto lugar com 150. A 10ª etapa do torneio está programada para ser realizada em 30 de outubro, na cidade de Rondonópolis (218 km da capital).

No rating D, Henrique Medeiros (3º do ranking) venceu João Vitor Lopo por placar de três sets a zero. O líder do ranking segue Georges Antônio de Paula com 340 pontos, depois vem Arthur Seilert em segundo com 265 e Carlos Eduardo Conceição, Rodrigo Antônio e Henrique Medeiros empatados em terceiro com 150 pontos.

No rating E (categoria para Pessoas Com Deficiência – PCDs), Samara Pinho da Silva foi a única líder de ranking que confirmou o favoritismo ao vencer Paulo Rogério por três sets a zero. A líder tem 300 pontos e o vice-líder Rogério (2º do ranking) tem 150 pontos.

A próxima etapa será em 25 de setembro, no município de Sorriso.

Acessibilidade

“O esporte é o trilho mestre da vida. Ele aliado com boa alimentação permite um processo neurológico melhor. Com o esporte, nós, pessoas com deficiência, temos mais saúde e evitamos a depressão. Mas o esporte em MT tem déficit de acessibilidade para PCDs. O que dificulta muito a vivência esportiva dos PCDs. Já o Centro de Treinamento de Tênis de Mesa e o Complexo Dom Aquino são raras exceções a essa regra. Aqui nós temos espaço”, avalia Paulo Rogério Barcelos, 33 anos, servidor público e cadeirante.

Por: Redação