Foto:Junior Martins/FMTJJLA


A 1ª edição do Mato Grosso Fight Classic (MTClassic), um evento de lutas e artes marciais com duração de cinco dias, (11 a 15 de outubro), no ginásio Professor Aecim Tocantins, terá dois dias de programação para crianças e adolescentes. Com festival multicultural e vivências esportivas em diversas modalidades de luta, concursos culturais, atividades de lazer e distribuição de brindes. Para participar, basta contribuir com doações de alimento não perecível, material reciclável ou brinquedos.

 De acordo com o coordenador técnico do evento e da Federação Mato-grossense de Jiu-jitsu e Lutas Associadas (FMTJJLA), Francisco Fernandes Jr, “Chiquinho”, após o dia das crianças (13 e 14 de outubro), crianças e adolescentes poderão comparecer, das 9h às 18h em ambos os dias, no Aecim Tocantins, para participar de vivências esportivas nas modalidades de jiu-jitsu, judô, luta olímpica, grappling, capoeira, taekwondo, entre outras.

“Teremos monitores aptos para ensinar e brincar com todos eles, e os pais podem aproveitar a oportunidade para ir e fazer as vivências esportivas junto com os filhos. E ainda estamos organizando muitas outras atividades com outros esportes. Teremos boas surpresas para apresentar mais próximo da data do MTClassic”, conta o coordenador, Francisco.

Além disso, no dia 12 de outubro (dia da criança), com início às 8h30, acontecerá o Mato Grosso Internacional Open de Jiu-jitsu, uma competição de jiu-jitsu aberta para competidores de qualquer parte do mundo, em todas as categorias, de mirim (crianças) até másters (adultos acima de 33 anos). Essa competição seguirá as regras da IBJJF – International Brazilian Jiu-jitsu Federation e terá a distribuição de diversas premiações

 O Mato Grosso Fight Classic (MTClassic) é um evento da Federação Mato-grossense de Jiu-jitsu e Lutas Associadas (FMTJJLA) com apoio do Governo do Estado de Mato Grosso (Seel), Instituto Lutar, Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT) e busca novas parcerias para viabilizar mais ações e atrações.

Por: Redação