Foto:Marcello Zambrana/Fotojump


A fase de competições das modalidades individuais dos Jogos Universitários Brasileiros se encerraram nesse domingo (6), na Arena Pantanal.

As finais do xadrez aconteceram durante a tarde. Na categoria masculina, Victor Shumyatsky, estudante de Engenharia Mecânica na Universidade de Brasília (UnB) que participou do JUBs em 2015 e foi medalha de ouro, conquistou o bicampeonato antes mesmo da última rodada.

Victor começou no xadrez aos seis anos, só por diversão, e foi progredindo rapidamente. O atleta não treina todos os dias por conta dos estudos acadêmicos, segundo ele, só em reta final de campeonato que dá uma “estudada” nos livros de xadrez e treina um pouco.

As expectativas do atleta para os JUBs 2016 eram as melhores possíveis.

“Eu era o ranqueado número um, eu era o favorito mesmo. Eu tinha que confirmar isso”, sentenciou Victor.

Vitoria Matheus Ramillo, da Universidade Paulista (UNIP), começou a praticar xadrez aos 11 anos e a competir aos 14. Ela também participou da edição passada do JUBs, e terminou em terceiro lugar.

A atleta que tinha como objetivo melhorar seus resultados esse ano, começa a se preparar para os torneios um mês antes das competições e treina em média três horas por dia. A dedicação lhe rendeu a medalha de ouro.

“Meu jogo melhorou bastante. E ano passado eu acho que estava mais competitivo o torneio, mais forte. Esse ano estava um pouco menos.”, contou.

As equipes das modalidades individuais começaram já na tarde desse domingo (8) a se despedir dos  JUBs. A partir dessa segunda-feira (7), a Arena recebe os times das modalidades coletivas. As competições coletivas iniciam no dia 8 e se estendem até o dia 13 de novembro, em 17 praças esportivas de Cuiabá.

Por: Gabriela De Lima