Foto:Júnior Martins/Cuiabá Arsenal


 Debaixo de pé-d’água e com gramado encharcado, o Cuiabá Arsenal venceu o Lusa Lions de virada por placar de 32 a 3, no último sábado (12), na Arena Pantanal, pelas quartas de final da Superliga Nacional de Futebol Americano. Agora a equipe enfrentará nas semifinais os catarinenses do Timbó Rex (T-Rex), ainda neste mês, no dia 26 de novembro, novamente na Arena.

“Foi o primeiro confronto embaixo de chuva nesta temporada. Com chuva fica difícil lançar a bola ou mesmo recebê-la. A bola molhada escorrega das mãos. E por isso não se tem precisão na execução do jogo aéreo. Então os times têm de investir no jogo terrestre. E, no caso do Arsenal, em que a maior parte dos pontos ganhos são do jogo aéreo, ter de se evitar essas jogadas prejudica. Na chuva o que funciona são as corridas”, diz Daniel Pereira, quarterback.

Scout

Com chuva, a vida dos atacantes ficou trabalhosa e a dos defensores fácil. No 1º quarter, ambas as defesas tiveram sucesso ao impedir as investidas dos ataques. Mas o Lusa Lions conseguiu abrir o placar com um fiel goal de Renan ‘Buzz’ Barbosa. E o placar de 0x3 seguiu o mesmo até o fim do 3º quarter. Quando começou o 4º quarter, a torcida de MT já pensava em derrota e os atletas do Lions sonhavam com a inesperada vitória. Então o Cuiabá Arsenal encaixou o jogo.

No 4º quarter, na posição de quarterback principal, Brandon ‘The Rocket’ Watkins conecta um passe de cerca de 30 jardas com o recebedor Kenneth ‘KJ’ Joshen, que conduziu a bola até a end zone (6x3). O ponto extra para fora com Raulin Leal. E o 2º touchdown veio com corrida pelo meio com Tiago ‘Tiagão’ Barbosa (12x3). E ponto extra para fora de Gustavo Mogiano. Depois mais touchdown com corrida do QB Brandon e ponto extra para fora de Raulin Leal (18x3).

A torcida já festejava a virada e os jogadores do Lions lamentavam incrédulos. Mas o placar não parou de girar, pois o quarterback Brandon conectou passe de cerca de 50 jardas com Kenneth Joshen já dentro da endzone (24x3). Ponto extra de Raulin (25x03). E, após uma interceptação de André Santos devolver a posse da bola para o Arsenal, o quarterback Brandon corre e faz outro touchdown (31x3) com ponto extra convertido por Raulin. Placar final de 32x3.

Relações

Segundo o presidente do clube, Paulo Cesar Machado, duas instituições foram as principais responsáveis pela partida ter sido feita na Arena Pantanal, a Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e a Federação Mato-grossense de Esporte Universitário (FMEU), que realizavam os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), de 02 a 13 de novembro, na Arena Pantanal e outras 16 praças esportivas, mas cederam espaço ao time.

“Nós tínhamos duas opções para jogar as quartas de final. Poderíamos ter optado pelo Estádio Eurico Gaspar Dutra, mas sem público, pois o local está interditado a quase dois anos. Ou poderíamos transferir a partida para o interior, o que não é barato. Então pedimos socorro para a CBDU e FMEU nos deixarem jogar na Arena, mesmo durante o evento deles. E eles decidiram nos ajudar e autorizaram, inclusive forneceram ambulância e equipe médica”, agradeceu Paulo Cesar. 

Por: Redação


Mesmo com muita água no gramado, mato-grossenses não tiveram dificuldades