Foto:Divulgação


O triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória, alcançado na tarde deste sábado, distanciou a Chapecoense da zona de rebaixamento, pelo menos temporariamente. O resultado obtido em Salvador ainda serve como motivação antes de uma série de três jogos como mandante.

Às 19h15 (de Brasília) desta terça-feira, na Arena Condá, a Chapecoense encara o Defensa y Justicia, da Argentina, com a obrigação de reverter uma derrota por 1 a 0 na Copa Sul-Americana. Em seguida, pelo Campeonato Brasileiro, recebe Atlético-GO e Bahia, mais dois times que lutam contra a degola.

“(O resultado) dá moral para nós, mas temos que ter os pés no chão”, afirmou Lourency ao Sportv. “O Campeonato Brasileiro é muito difícil, não podemos nos empolgar com essa vitória e temos que trabalhar mais para conseguir outros resultados como esse”.

A Chapecoense saiu na frente neste sábado em uma cobrança de pênalti convertida por Reinaldo. Já no segundo tempo, Neilton chegou a empatar em mais um pênalti, mas Lourency, pouco depois de entrar no lugar de Seijas, definiu a vitória do time catarinense.

“Aconteceu também no ano passado, contra o Fluminense. Pude entrar e fazer o gol da vitória”, declarou o jogador. “Fico feliz por poder repetir isso, e a caminhada continua. Era um confronto direto, e fomos felizes por sair com a vitória”.

Com 21 pontos ganhos, a Chapecoense sobe para a nona colocação e aguarda pela conclusão da rodada. O jogo contra o lanterna Atlético-GO, válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, está programado para as 11h (de Brasília) do próximo domingo.

 

Por: Olhar Esportivo