Foto:Luis Rodrigues


O primeiro jogo da Semifinal da Copa FMF entre Dom Bosco e Poconé terminou com a vitória do Azulão por 2 a 0. A boa vantagem conquistada pelo Leão da Colina, porém não reflete bem como foi o jogo, para se ter uma ideia, o goleiro Jefferson foi o melhor jogador da partida por conta de sua boas intervenções durante a partida.

Com o resultado, o Leão da Colina poderá até perder por um gol de diferença na partida de volta que ainda assim será um dos finalistas da copinha. O jogo de volta será realizado nesta quinta-feira (06.12), também na Arena Pantanal.

Logo no início da partida, o atacante João Pedro, de pênalti, abriu o placar para o Azulão, a partir dai a equipe recuou e esperou para jogar no erro do adversário, segundo o treinador da equipe, Giani Freitas, tudo dentro do plano de jogo decidido durante a semana.

“Sabemos que é impossível manter um nível de jogo igual durante os 90 minutos, então decidimos marcar pressão no começo da partida para tentar um gol cedo, o que nos daria tranquilidade, deu certo e continuamos seguindo o plano de jogo”, declarou o treinador Dom bosquinho.

Tática essa que poderia ter ido por água a baixo caso o goleiro Jefferson não tivesse pego um pênalti na metade do primeiro tempo, evitando o gol de empate do Cavalo Pantaneiro, além pelo menos mais uma boa defesa.

Na volta para a segunda etapa o Dom Bosco voltou a marcar pressão, e mais uma vez a estratégia deu certo. A defesa do Poconé saiu jogando errado, e Claudeci roubou a bola, invadiu a área e mandou no ângulo, sem chances para o goleiro do PEC.

“Conquistamos uma boa vantagem neste primeiro jogo, mas isso só se confirmará se entrarmos concentrados na partida de volta, e não ficarmos com o pensamento de já ganhou. Temos que jogar com a mesma seriedade, o Poconé é um adversário perigoso, não podemos dar margem para erros no jogo de volta”, explicou Giani.

Por: Luis Rodrigues