Foto:Luis Rodrigues


Mesmo com a Copa FMF paralisada pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), por conta de uma denuncia feita pela equipe do Mixto Esporte Clube contra o Cuiabá Esporte Clube, a equipe do Alvinegro, que terminou a primeira fase na quinta posição, e seria a maior beneficiada com a punição do Dourado, segue treinando normalmente.

“Logo após o jogo com o Dom Bosco recebemos a informação de que o clube iria fazer a denuncia contra o Cuiabá, então logo no dia seguinte continuamos nosso cronograma normal de treinamento”, contou o treinador alvinegro Toninho Pesso.
 
Sobre uma possível punição contra o Dourado o comandante do tigre se mostra confiante. “Tudo indica que conseguiremos a vaga para as semifinais, o Cuiabá infelizmente cometeu um erro ao escalar um atleta irregular e por isso estamos confiante com a nossa classificação. Vamos continuar treinando e aguardar o julgamento e as novas datas da semifinal”, comentou.
 
Entenda
 
O Cuiabá terminou a primeira fase da Copa FMF invicto, com 18 pontos somados em seis jogos disputados, já o Mixto terminou na quinta posição com seis pontos ganhos. Um dia após realizar a sua última partida o jurídico do alvinegro entrou com recurso pedindo a perda de 30 pontos do Dourado, por conta da escalação irregular de um atleta em cinco partidas da primeira fase.
 
Caso o Dourado seja punido, o Operário-VG assumiria a liderança com 13 pontos, em segundo ficaria o Dom Bosco com 10, em terceiro o Poconé com 9 e em quarto o Mixto com 6. Portanto as semifinais ficariam entre Operário-VG contra o Mixto e Dom Bosco contra o Poconé.
 
 
 

Por: Luis Rodrigues