Foto:Arquivo Pessoal


A temporada para os times de Mato grosso em 2018 acabou, mas já tem data par começar em 2019, daqui há exatos um mês, no dia 19 de janeiro, a bola volta a rolar nos gramados do estado. O campeonato, que existe desde 1943, vai para sua 77ª edição, sendo que a do ano que vem será disputada com 10 equipes, de sete cidades diferentes, são eles: Cuiabá, Mixto, Dom Bosco, Operário VG, Operário Ltda, Sinop, Luverdense, Juara, Araguaia e União.

O clube com mais títulos é o Mixto, com 24 conquistas e o único a conseguir um tetra consecutivo, entre 1979 e 1982. Na segunda posição vêm o Operário-VG com 14 títulos, o Cuiabá, fundado em 2001, clube mais vitorioso do século em todo o estado, já tem oito estaduais, sendo o atual bicampeão. O Dom Bosco está na quarta posição com seis conquistas, mas não vence desde 1991.

Caso vença a edição de 2019, o Cuiabá vai ganhar o seu sétimo estadual em nove disputados, sendo a segunda vez como tricampeão, a primeira trinca do Dourado foi entre 2013 e 2015. Já mais distante desse sucesso no estadual, dois dos clubes mais tradicionais de Mato Grosso, Mixto e Operário-VG, ganharam apenas um título nos últimos dez anos, sendo ele conquistado pelo Mixto, em 2008. O último título estadual do Operário-Vg foi em 2006.

O Campeonato Mato-Grossense de 2019 vai contar com 10 times, que jogam todos contra todos em turno único na primeira fase. Em seguida, oito equipes avançam para a fase de mata-mata, começando pelas quartas de final e chegando até a decisão. A partida de abertura será daqui a um mês, no sábado, dia 19 de janeiro, entre Operário Várzea-grandense e União, na Arena Pantanal. 

Por: Pedro Velasco