Foto:Getty Images


A notícia deu um susto, por mais que a informação inicial já viesse com a confirmação de que não existiam maiores riscos. Sergio Agüero sofreu um acidente de automóvel na madrugada desta quinta, após assistir a um show em Amsterdã, e fraturou uma costela. O Manchester City manteve a cautela ao tratar o caso, sem emitir qualquer posicionamento até o retorno de seu artilheiro à Inglaterra nesta sexta. Diante dos rumores de que o acidente poderia ser fatal se o argentino não estivesse usando o cinto de segurança, todo cuidado era necessário. Entretanto, os médicos do clube anunciaram justamente a lesão já conhecida, afirmando que outros exames serão realizados nos próximos dias para avaliar se há outras consequências e o real tempo de retorno.

Nesta sexta, Pep Guardiola comentou o episódio. Preferiu não entrar em detalhes: “Felizmente, ele voltará e se recuperá o mais cedo possível. Era seu dia de folga, não sou a polícia. Eu preferiria contar com Mendy, Kompany e Agüero, mas nós jogaremos com 11”. Sabe, de qualquer forma, que perde um dos maiores trunfos de seu ataque. Agüero anotou sete gols e ofereceu três assistências nas oito partidas que disputou na temporada. O entrave deve efetivar Gabriel Jesus como homem de referência, abrindo passagem também a Leroy Sané, destaque quando ganhou oportunidades nos últimos jogos.

Já na seleção argentina, Jorge Sampaoli terá que repensar a sua linha de frente para o jogo decisivo contra o Peru, nas Eliminatórias. O treinador tinha indicado que imaginava Agüero, ausente nas partidas anteriores por lesão, compondo um trio de ataque com Lionel Messi e Mauro Icardi. Assim, o treinador deverá voltar a apostar suas fichas em Paulo Dybala, que não agradou contra Uruguai e Venezuela, apesar da fase extraordinária pela Juventus. Papu Gómez e Emiliano Rigoni correm por fora. Já Kun, por uma obra do acaso, terá que ver os jogos de casa – mas sabendo que talvez sua sorte já tenha sido grande por isso. 

Por: Trivela