Foto: Rafael Vieira/AGIF


O Coelho está na primeira divisão do futebol brasileiro! Nesta terça-feira (12), o América-MG encarou o Náutico nos Aflitos, em Recife (PE), e ficou no empate em 0 a 0 pela 34ª rodada da Série B; entretanto, a combinação de resultados foi suficiente para garantir o time na próxima edição do Brasileirão Assaí. A última participação dos mineiros na competição aconteceu no ano de 2018.

O América também olha além do acesso e segue de olho na luta pelo título. Com o empate, o Coelho se manteve na liderança da competição, com 67 pontos. Já o Náutico permanece na 15ª colocação, com 39. Veja os detalhes do duelo:

O jogo

Os primeiros 15 minutos de jogo nos Aflitos foram muito movimentados, com chances dos dois lados. A inicial foi do Náutico, em chute de Kieza aos três minutos que bateu na rede pelo lado de fora. Os mineiros responderam aos oito com Ademir, que parou em Anderson. Logo em seguida, duas oportunidades claras para o Timbu. Na primeira, Kieza tirou do goleiro e rolou para Jean Carlos, mas ele teve o remate bloqueado na última hora. Depois, Dadá Belmonte arriscou e a defesa pernambucana desviou mais uma vez. Ademir tentou de novo pelo Coelho aos 13, mas a finalização cruzada não atingiu o alvo.

A partir daí, o duelo ficou mais equilibrado e as equipes só chegaram no jogo aéreo. Aos 28, Juninho, do América, se esticou para cabecear após cruzamento, mas errou o alvo. O Náutico também teve sua chance aos 42, em desvio de Kieza depois de cobrança de escanteio - entretanto, a testada foi por cima do travessão.

O segundo tempo foi estudado no início, com as duas equipes tentando se impor. A única boa chance antes dos 15 minutos saiu em chute de Alê, do América, que finalizou para intervenção tranquila de Anderson. Na parte final, porém, o Timbu se mostrou mais incisivo. Aos 26, Kieza recebeu cruzamento e desviou de cabeça para fora. Depois, aos 36, foi a vez de Jean Carlos emendar uma pancada de longe, mas ele errou o alvo - assim como Rafael Ribeiro, em cabeceio aos 43. A grande oportunidade pernambucana aconteceu aos 47, quando Jorge Henrique dominou entre a zaga, girou e bateu para a defesa de Matheus Cavichioli. Contudo, o zero não deixou o placar, e o resultado garantiu o acesso do Coelho.

Por: Da Redação com CBF