Foto:Fábio Canhete/Canoagem brasileira


Ana Sátila, de apenas 21 anos, é natural é de Iturama em Minas Gerais, mas mudou-se ainda pequena para a cidade de Primavera do Leste em Mato Grosso e foi ali que deus suas primeiras remadas.

Neste final de semana Ana Sátila conquistou duas medalhas no Mundial de Canoagem Slalom disputado na cidade de Pau, na França.

Na última sexta-feira, ficou com o bronze na prova do C 1 Feminino e no domingo ela fechou a competição com a prata no K 1 Extremo.

- Foi muito difícil e emocionante, cada etapa que eu peguei foi muito complicada. Estou muito feliz de passar por tudo, sabia que ia ser difícil. Conseguir colocar emoção e alegria de estar na água não tem preço. Estou muito feliz - disse Ana Sátila após a medalha.

 Os resultados de Ana Sátila tem grande valor histórico para a modalidade no país: Ela foi a primeira brasileira a conquistar uma medalha em um Mundial de Canoagem e foi a única atleta a subir ao pódio por mais de uma vez, em provas individuais, nesta edição do Mundial.

Outras Conquistas

Ana Sátila foi a atleta brasileira mais jovem que disputou a Olímpiada de Londres em 2012, com 16 anos. Depois ainda disputou a Olímpiada do Rio em 2016.

É hexacampeã brasileiro no K 1, tricampeã brasileira no C 1, ouro (C 1) e prata (K 1) nos jogos Pan-americanos de Toronto em 2015, campeã mundial júnior de K 1 em 2014 e vice-campeã mundial sub 23 em 2015.

Por: Redação