Foto: Ana Vitória e Vanderson - Arquivo pessoal e Grêmio Oficial - Montagem Olhar Esportivo


Dois atletas rondonopolitanos se destacaram nesta semana. A atacante Ana Vitória, camisa 10 do Benfica, foi campeã da Taça da Liga Feminina de Portugal, e o lateral-direito Vanderson, realizou seu segundo jogo profissional pelo Grêmio e marcou seu primeiro gol.

Natural de Rondonópolis, Ana Vitória, aos 20 anos, é uma das protagonistas do time português. Desde 2018 na Europa, ela chegou ao seu quarto título pelo clube. Já foi campeã da II Divisão Nacional 2018/19, Supertaça Feminina 2019, Taça de Portugal Feminino 2018/2019 e agora a Taça da Liga Feminina 2019/20, marcando gol na final contra o Sporting Braga. Até o momento pelo Benfica, foram 49 jogos realizados e 31 gols marcados pela atacante.

Antes de chegar ao Benfica, Ana Vitória atuou por REC, Mixto e Corinthians, onde foi campeã da Libertadores em 2017, do Sudamericano sub-20 e do Campeonato Brasileiro em 2018. Com passagens pelas seleções de base, ela foi convocada para a seleção brasileira principal em 2020.

Já o lateral-direito Vanderson, 19 anos, também cria de Rondonópolis está desde 2018 no Grêmio-RS. Após atuações pelo sub-20 e sub-23, ele foi promovido pelo técnico Renato Gaúcho e jogou os últimos dois jogos do Tricolor na Série A como titular, marcando o seu primeiro gol no profissional, na vitória contra o Bahia, por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Porto Alegre.

“Feliz pelo gol, pelos três pontos, só faltou o torcedor aqui na nossa casa. Vitória importante, feliz pelo meu primeiro gol, tem muitas coisas a evoluir no Vanderson e vou buscar trabalhar cada vez mais para dar alegria ao nosso torcedor”, disse o lateral-direito mato-grossense.

Segundo o radialista Luciano Feitosa, da Arena 104 de Rondonópolis, Vanderson começou na base do Vila Aurora aos 10 anos de idade, com o professor Tião. Em 2014, ele foi para o União Esporte Clube, onde ficou até 2017. Em 2018, jogou seis meses no Rio Branco-SP e se destacou na disputa do Campeonato Paulista sub-17, sendo adquirido pelo Grêmio-RS, assinando contrato até 2024, com 50 milhões de euros de multa rescisória.

Por: Pedro Lima / Da Redação