Foto:Assessoria União


O União recebeu o Vila Nova – MG no Luthero Lopes na tarde desse domingo (16), para a disputa da partida de volta da primeira rodada da segunda fase da Série D. O Colorado tinha uma difícil missão para essa partida, já que perdeu o jogo de ida por 2 a 0 no Castor Cifuentes, e precisava ganhar por três gols de diferença para seguir na competição.

O jogo
Infelizmente, o União não jogou muito bem. No primeiro tempo, as maiores falhas do elenco foram as falhas na hora de trabalhar a bola e a demora em fazer os chutes e toques. Além disso, apenas três chances reais de gol foram criadas e todas elas desperdiçadas. O resultado foi que aos 18’ Carrara chegou livre na área do Colorado, sem marcação, e chutou sem possibilidade de defesa, abrindo o placar para o Vila Nova.

No segundo tempo, as coisas pareciam melhorar. Logo no começo, Everton aproveitou que a zaga do Vila deu bobeira e chutou no canto do gol, empatando a partida para o Colorado. A torcida no Luthero se animou e começou a acreditar na virada. Porém, aos 22’ a bola ficou quicando dentro da área, a defesa do União se complicou, e Rafael Freitas aproveitou a confusão para marcar o segundo do Vila Nova.

Após o segundo gol dos visitantes, os 1.370 torcedores colorados começaram a deixar o estádio em silêncio, enquanto o time dentro de campo, na pressa, fazia de tudo para alcançar no mínimo um empate. O apito final soou, encerrando a boa participação do clube de Rondonópolis na Série D 2017.

Escalações
União:
Ronaldo; William,Talysson, Paganelli, Lucas Mendonça; Nildo, Edson, Samuel, Calado, Ricardo e Everton. Técnico: Kiko Araújo.
Vila Nova: Renan; Nequinha, Otávio, Rafael; Elias, Carrara, Paulo Vitor e Assis; Douglas e Jonathas. Técnico: Ito Roque.

Por: Gabriela De Lima