Foto:Assessoria de Imprensa do União Esporte Clube


A terceira passagem de José Macena no comando técnico do União durou menos de dois meses. Isso levando em conta os 25 dias de preparação para a Copa FMF de 2018.

Em entrevista concedida ao Olhar Esportivo, Macena revelou o motivo de sua saída do comando técnico. "Saio de cabeça erguida, o presidente é um ótimo profissional, mas infelizmente um dos diretores se mostrou uma pessoa completamente desequilibrada, agindo sem o menor respeito com o meu trabalho e o dos nossos atletas", contou.

Ainda segundo Macena, apesar de o clube contar com excelente estrutura, faltou planejamento da diretoria. "Não fizemos nenhum jogo treino para testar nossa equipe. Na segunda partida contra o Dom Bosco não houve concentração, viajamos quatro horas para jogar na arena, esperamos mais três horas dentro do vestiário onde fizemos nossa refeição antes da partida. Pra quem entende de futebol sabe o quanto isso influência no rendimento físico dos atletas passar por uma jornada dessas", explicou.

O treinador ainda revelou que um dos diretores da equipe estaria pressionando para alterar a escalação da equipe. "Conversar sobre escalação é uma coisa completamente natural no futebol, mas da forma que vinha sendo feita é inaceitável para mim. Um dirigente xingar os atletas durante o jogo em um estádio vazio como aconteceu na primeira rodada, não é normal, exerce uma pressão desnecessária em toda equipe",
 
Nossa reportagem tentou entrar em contato com a diretoria do união mas não obtivemos resposta.
 
 
 

Por: Luis Rodrigues