Foto:Arquivo pessoal


 Três atletas mato-grossenses convocados para a seleção brasileira conquistaram medalhas no Campeonato Sul-Americano Sub-18 de Atletismo, no último fim de semana (12 e 13), no Centro de Desenvolvimento Desportivo de Concórdia, na Argentina. Mirieli Estaili Santos pegou prata na prova de salto tripo, Fabielle Samira Ferreira ficou com prata no lançamento do dardo e Isabelle Cristina de Almeida ganhou o bronze nos 1.500 metros rasos.

De acordo com o presidente da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT), Francisco Antônio da Silva, as medalhas são fruto de um trabalho de base iniciado pelo conjunto de dirigentes e técnicos cerca de oito anos atrás. Segundo ele, tais resultados ainda foram obtidos apesar de todas as adversidades enfrentadas durante todo esse tempo, principalmente com relação à estrutura das praças esportivas do atletismo.

“De 2012 até este momento nós temos feito treinos e competições em pistas de atletismo, por exemplo, em Cuiabá, com as piores condições possíveis. Ainda assim, se for feito um retrospecto das medalhas conquistadas para Mato Grosso, tanto em campeonatos Sul-Americanos quanto em categorias escolares, a maioria são do atletismo. Temos trabalhado em conjunto com a intenção de fortalecer a modalidade e logo planejaremos o próximo ano”, explicou o presidente.

A seleção brasileira de atletismo era favorita do Sul-Americano por ter sido campeã geral na edição anterior e novamente repetiu o resultado como campeão geral com a soma de 303 pontos na classificação final, seguido por Colômbia com 195 e Equador com 157. Ainda ganhou na categoria masculina com 206 pontos e pegou 3º lugar no feminino com 97. Participaram a Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela e Argentina.

Os 35 atletas da seleção brasileira, 18 homens e 17 mulheres, faturaram 36 medalhas, sendo 19 ouros, nove pratas e oito bronzes. E as três meninas mato-grossenses ficaram com duas dessas pratas e um dos bronzes. Nos 1.500 metros, Isabelle fechou com 4:55.63, atrás das colombianas Maria Paula Guerrero (4:51.88) e Leidy Katherine Ortiz (4:54.76).

“Nossas atletas mostraram mais uma vez o potencial do atletismo de MT. Mirieli é atualmente a número 1 do ranking brasileiro na prova de salto triplo com a marca de 12.93 metros, a Fabielle é a 1ª do ranking no lançamento do dardo com a marca de 50.30 metros e Isabelle é a 2ª do ranking na prova de 1.500 metros com o tempo de 4:42.82. Todas sob a orientação do técnico Marcos Vieira”, revelou Francisco.

Por: Redação