Foto: Crédito Gustavo Aleixo/Cruzeiro


A eleição para novo presidente do Cruzeiro Esporte Clube ocorreu na tarde desta quinta-feira (21). Em meio à crise instalada, o advogado Sérgio Santos Rodrigues, de 37 anos, da chapa “Somos Todos Cruzeiro”, foi eleito debaixo de clima tenso no Clube Barro Preto em Belo Horizonte. Além de Sérgio, compõem a chapa “Centenário”, vencedora no pleito, Lidson Potsch Magalhães, 1º vice-presidente, e Biagio Teodoro Peluso, 2º vice-presidente.

Sérgio superou o adversário Ronaldo Granata, da chapa “Cruzeiro Primeiro”. Ele recebeu 269 votos de 351 totais (eram 424 conselheiros com direito a voto). Sérgio ficará à frente na presidência durante sete meses, até 31 de dezembro de 2020.

"Com muita honra e uma enorme alegria, encaro o maior desafio da minha vida: a Presidência do Cruzeiro Esporte Clube. Comprometo-me a colocar em prática tudo que propus e farei todo o possível para que o clube retorne ao seu devido lugar de destaque" – postou Sérgio Rodrigues, no Twitter.

Para o Conselho Deliberativo, os votantes definiram que a chapa “Somos Todos Cruzeiro” ocupará a Mesa Diretora nos próximos meses. Paulo César Pedrosa é o presidente, enquanto Nagib Simões, Evandro Vassali e Marcus Edmundo Lambertucci assumirão os cargos de vice-presidente, 1ª secretário e 2ª secretário, respectivamente. Ao todo, 112 votos foram angariados pelos vencedores.

Os novos presidentes do Clube e do Conselho Deliberativo tomam posse no dia 1 de junho, segunda-feira, com mandato válido até 31 de dezembro de 2020. Até o fim deste ano, outro pleito será feito para que sejam eleitos os dirigentes que comandarão o Cruzeiro no triênio 2021-2023.

"Vamos correr atrás de quem lesou o Cruzeiro, civil e criminalmente, é um compromisso que fizemos. Seremos implacáveis com quem prejudicou o Cruzeiro. Não vamos esquecer", Sérgio Rodrigues.

O evento foi marcado por revolta de torcedores presentes, intervenção e escolta da Polícia Militar, confusões, aglomerações, uso equivocado de máscara de proteção e até uma cusparada no rosto do ex-presidente Zezé Perrella.

Por: Da Redação