Foto:Junior Martins/FMEU (Estrela Lemke de amarelo)


 A equipe de basquetebol feminino de Mato Grosso venceu Roraima por placar de 59 a 23, nesta quinta-feira (10.11), no ginásio do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), válida pelo terceiro confronto dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs). Com o resultado, o time garantiu vaga nas semifinais como líder do Grupo ‘B’ com três jogos, três vitórias e melhor média geral de menos pontos sofridos.

“Nossos adversários competiram com time completo de dez meninas, cinco em quadra e cinco para substituições, mas nós viemos desfalcadas com apenas seis atletas. Tínhamos as cinco em quadra e apenas uma para substituição. Além disso, apenas quadro das nossas jogadoras são do basquete, duas são do handebol e do atletismo e vieram para ajudar. Mesmo assim conseguimos vencer os três jogos da fase classificatória e estamos nas semifinais”, disse Elisângela Regina Reis, uma pivô de 1.94 de altura, a mais alta em quadra nos três confrontos.

Mato Grosso venceu Tocantins por placar de 85x33, depois ganhou do Acre por 80x18 e fechou com vitória sobre Roraima por 59x23. Agora enfrentará nas semifinais, nesta sexta-feira (10.11), às 08h30, no ginásio da IFMT, o segundo colocado do Grupo ‘A’, o Maranhão, que ganhou de Minas Gerais no primeiro jogo por 36x35, na sequência perdeu para Goiás por 45x54 e se garantiu ao vencer o Amapá por 71x19. E, segundo uma das cestinhas de MT, Estela Kamila Lemke, a estratégia é não fazer faltas.

“Nesse último jogo começamos com marcação de zona e não deu certo, pois sempre sobrava uma delas no ataque. Nos reorganizamos para marcação individual e funcionou. Assim evitamos que elas marcassem muitos pontos. E os nossos pontos foram resultado de um rápido contra-ataque. Mas nossa principal estratégia é de nunca cometer faltas. Como estamos com uma quantia menor de jogadoras, não podemos ter ninguém expulso”, comenta Estela Lemke.

Por: Redação