Foto: Lucas Figueiredo / CBF


O presidente Jair Bolsonaro assina nesta quarta-feira uma Medida Provisória de Flexibilização do Futebol. O documento foi redigido com medidas cujo intuito é facilitar a vida econômica dos clubes do país. 

Entre os itens do texto está a possibilidade de assinatura de contrato com jogadores em uma duração mínima de 30 dias. Pela Lei Pelé, o vínculo mínimo é de 90 dias. Esse é um dos conteúdos do Projeto de Lei que tramita na Câmara dos Deputados.

A ideia da mudança é facilitar a montagem das equipes para conclusão dos campeonatos estaduais, interrompidos por causa do coronavírus. Essa questão interessa às federações e tem apoio da CBF.

Por: Da Redação