Foto: Divulgação Assessoria


Conhecido principalmente por revelar Rogerio Ceni ao futebol brasileiro e mundial, Sinop parece estar ganhando outro nome para levar o nome da cidade e do clube ao mundo da bola. Atacante do Portimonense, Anderson Oliveira, é mais um atleta revelado pelo Galo do Norte.

Nascido em Rondônia e atualmente com 22 anos, Anderson chegou à cidade de Sinop ainda bem jovem, quando tinha apenas oito anos. Começou a dar seus primeiros chutes na bola no CT Amazon e com 13 anos, deixou a cidade e o Estado para ir jogar nas categorias da base da Portuguesa Santista. Três anos depois retornou a sua cidade natal e defendeu o time profissional do Sinop, logo se destacou e foi contratado pelo Londrina.

“Ainda tenho muitos familiares em Sinop, meus pais, irmãos, tios e primos todos ainda vivem lá, então sempre que tenho tempo nas férias volto à cidade para a casa dos meus pais para ficar com minha família”, disse Anderson.

Apesar de ter feito sua estreia entre os profissionais do Tubarão ainda em 2018, com apenas 19 anos de idade, Anderson brilhou de fato apenas em 2019, quando recebeu sua primeira sequência como profissional. Foram 34 partidas, seis gols e três assistências no ano. As atuações chamaram a atenção de diversos clubes do Brasil e da Europa, e em agosto do mesmo ano, acertou sua ida ao Portimonense.

A primeira temporada em Portugal não foi das mais fáceis, tendo atuado em apenas nove partidas pela equipe profissional (saindo do banco em todas elas) e em mais seis na equipe sub-23. Mais maduro e adaptado, Anderson conquistou seu espaço e hoje é peça fundamental na equipe de Portimão. Atuou em todos os jogos do time na temporada, foi titular em 10 deles e já contribuiu com um gol e uma assistência.

“O primeiro ano foi mais de adaptação, hoje me sinto mais preparado para atuar, conheço melhor o clube e já me sinto em casa. Estou contente de ter mais espaço na equipe, mas sei que ainda tenho muito o que melhorar”, finalizou o atleta.

Por: Da Redação