Foto: AssCom Dourado


Dia do acesso! Nesta sexta-feira (22), o Cuiabá recebeu o Sampaio Corrêa-MA, na Arena Pantanal, já celebrando a vaga na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Com o empate entre CSA-AL e Brasil-RS pela 37ª rodada da Série B, o Dourado entrou em campo matematicamente garantido e, mesmo perdendo por 3 a 1 para o time maranhense, não deixou de comemorar a conquista inédita na história do clube.

Com 61 pontos, o Cuiabá aparece na terceira posição da tabela de classificação, enquanto o Sampaio, com 51, ocupa o sétimo lugar.

O jogo

Jogando fora de casa, o Cuiabá entrou em campo já comemorando o acesso confirmado para disputar a Série A na próxima temporada. No entanto, o Dourado não conseguiu celebrar a conquista com um gol e viu o Sampaio Corrêa largar na frente. Segurando uma pequena pressão dos visitantes nos instantes finais, a Bolívia Querida abriu o placar aos 41 minutos. Em cobrança de falta na entrada da área, Marcinho aproveitou falha na marcação adversária e deixou Jackson em boa condição de finalizar com força e fazer 1 a 0. Depois, aos 48, Léo Costa recebeu lançamento e cabeceou na saída do goleiro João Carlos, que não segurou e viu a bola rolar para o fundo das redes: 2 a 0.

Nos primeiros segundos do segundo tempo, Mota derrubou Elton dentro da área, e a arbitragem assinalou pênalti a favor do Cuiabá. O próprio Elton foi para a cobrança e mandou no canto esquerdo, onde o goleiro foi firme e espalmou. O camisa 9 ainda teve outra boa chance para o Dourado, aos 12 minutos, mas isolou o chute após receber cruzamento de Felipe Marques. Do lado do Sampaio, Jackson quase marcou o terceiro, mas foi parado em boa defesa de João Carlos. Com as vidas resolvidas na tabela de classificação, as equipes não se lançaram tanto ao ataque ao longo da etapa complementar. Mas, na marca dos 32, o Dourado descontou. Matheus Barbosa mandou para Felipe Ferreira, livre de marcação na entrada da área, que chutou sem chances para Mota: 2 a 1. Os instantes finais foram com mais movimento, e o Sampaio marcou mais um. Aos 46, Dione recebeu boa assistência de Mailson da entrada da área e deslocou o goleiro para dar números finais ao confronto: 3 a 1.

Mato Grosso na elite após 35 anos

Após 35 anos, um clube mato-grossense retorna à primeira divisão do futebol nacional. A última equipe do Estado que disputou o certame foi o Operário Várzea-grandense, em 1986. Dom Bosco e Mixto já participaram em anos anteriores. Na época, a vaga era oriunda do campeonato estadual, seletivas regionais ou indicações.

Com isso, o feito do jovem Cuiabá é inédito, levando em consideração o formato com as três divisões de acesso – Séries D, C e B, por onde o time mato-grossense passou, além da Série A em pontos corridos.

Por: Da Redação