Foto:Divulgação (Leandro Paiva autor do livro Pronto pra Guerra)


Já pensou em observar as artes marciais de outra forma? Se a resposta for negativa, o professor e historiador, Leandro Paiva irá abrir sua visão num curso gratuito que ocorrerá no dia 25 de julho, às 18h, no Centro Cultural da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), em Cuiabá. Com inscrições limitadas!

O curso terá duas palestras e nelas serão apresentados dados sobre uma pesquisa realizada no Parque Nacional Serra da Capivara, no estado do Piauí. Nesta pesquisa foram encontrados registros rupestres de lutas corporais há cerca de 6000 anos atrás.

A primeira palestra se chama, "Em busca das origens: o elo perdido entre as lutas da pré-história e as lutas corporais indígenas do Xingú", nela será demonstrada as proximidades e distanciamentos entre esses vestígios da Pré-História e as lutas corporais que ocorrem no Parque Indígena do Xingú.

Já na segunda palestra com o tema "Olhar Clínico nas Lutas, Artes Marciais e Modalidades de Combate", será debatido tópicos do livro "Olhar Clínico nas Lutas", que serão, "Lutas, Artes Marciais ou Modalidades de Combate?"; "É possível prever os resultados das lutas?"; "Dedicação pode ser mais relevante que o talento nas Artes Marciais".

De acordo com Leandro Paiva, as artes marciais vão além da competição. “O fenômeno luta, tem aspectos sociais, biológicos, pedagógicos e psicológicos em torno dele”, disse Leandro. “Um dos exemplos latentes para exemplificar isso e a própria luta corporal indígena que ocorre no Xingú”, afirmou.

Leandro Paiva é professor de educação física e historiador da Universidade Federal do Rio de Janeiro e afirma que o município de Cuiabá será o primeiro a receber dados inéditos sobre sua pesquisa nas aldeias indígenas.

Certificado

O curso é gratuito, tendo a opção de doar uma caixa de leite na entrada. E caso solicite o certificado especial com chancela e registro de horas, haverá cobrança no valor de R$50 e, nesse valor, receberá gratuitamente o livro "Olhar Clínico nas Lutas, Artes Marciais e Modalidades de Combate".

 

Por: Redação