Foto: Daniel Zappe/CBTM


A capital mato-grossense é o palco do tênis de mesa nacional nesta semana, com a realização da Super Copa Brasil Centro-Norte-Nordeste II, de quinta-feira (26), a partir das 08h, até domingo (29), no Ginásio Professor Aecim Tocantins, e que contará com a participação de treze dos 30 para-atletas que representaram o Brasil no VI Jogos ParaPan-Americanos Lima 2019.

Conforme o CEO da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), Geraldo Campestrini, a Super Copa Brasil já começou muito bem por conta da grande adesão dos mesatenistas, tendo atingido o quantitativo de 331 inscrições, e, além disso, dentre eles, terá a presença de 13 dos para-atletas que conquistaram 24 medalhas no ParaPan (nove ouros, seis pratas e nove bronzes).

“A participação massiva dos para-atletas que estiveram em Lima legitima a Super Copa Brasil como uma competição com alto nível técnico. Demonstra a importância do evento em Cuiabá e garante um excelente espetáculo ao público que vier assistir. Inclusive, Danielle Rauen e Joyce Oliveira já tem garantidas vagas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio”, avalia o CEO, Geraldo Campestrini.

Danielle Rauen e Joyce Oliveira conquistaram medalhas de ouro nas categorias Classe 8-10 Feminino e Classe 4 Feminino, respectivamente, no 6° Jogos ParaPan-Americanos Lima 2019. E a Super Copa Brasil também contará com a participação de dois dos atletas da base da seleção brasileira de tênis de mesa, Augusto Andrade e Karina Shiray, ambos com 11 anos de idade.

Treze do ParaPan em Cuiabá

Lista dos nomes e classes dos treze mesatenistas que representaram o Brasil no ParaPan de Lima: Conrado Contessi (Classe 01), Aloísio Lima (Classe 01), Carla Maia (Classe 02), Thais Severo (Classe 03), Marliane Santos (Classe 03), Joyce Oliveira (Classe 05), Raiza Silva (Classe 05), Aline Ferreira (Classe 07), Milena França (Classe 07), Francisco Wellington (Classe 08), Lucas Carvalho (Classe 09), Danielle Rauen (Classe 09) e Cláudio Massad (Classe 10).

Benefício Econômico

Uma pesquisa interna da CBTM aponta que os mesatenistas gastam em torno de 100 a 150 reais por dia de participação em competições nacionais, entre hospedagem, alimentação, transporte e lazer. O que multiplicado por quatro dias de evento e pela quantidade de participantes dá cerca de 150 mil reais ou mais injetados diretamente na economia local da cidade-sede, no caso, em Cuiabá.

Além do mais, ainda há o investimento de mais de 160 mil reais da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) na organização do evento, o qual parte dele, cerca de 60 mil, será gasto em Cuiabá. Como, por exemplo, com a hospedagem e diárias de árbitros e staff, contratação de profissionais para trabalhar no evento, transporte e outros serviços pontuais. Mais informações no Facebook da CBTM.

Patrocinadores e Apoiadores

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) tem como patrocinadores a Tibhar, que é empresa fornecedora de equipamentos, como mesas, raquetes, bolinhas e outros, e a Loterias Caixa da Caixa Econômica Federal. E a Super Copa Brasil Centro-Norte-Nordeste tem patrocínios da Moto Raça Cuiabana, Bravo Produções, Lade Sonorização e Claro MT e o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso e da Prefeitura Municipal de Cuiabá.

PROGRAMAÇÃO

Quinta-feira (26.09):

Das 08h às 21h – Ratings Masculinos e Femininos; Duplas Masculinas e Femininas; Duplas Mistas; Rankings Super Pré-Mirim (10 e 11 anos), Infantil e Juventude;

Sexta-feira (27.09):

Das 08h às 21h – Rankings Super Pré-Mirim (10 e 11 anos), Infantil e Juventude; Rankings Pré-Mirim (até 9 anos), Mirim e Juvenil; E abertura oficial do evento será no Ginásio Aecim Tocantins, às 18h.

Sábado (28.09):

Das 08h às 21h – Rankings Absoluto A ao E e Sênior/Lady; Rankings Veterano e Classes Paralímpicas;

Domingo (29.09):

Das 08h às 15h – Rankings Absoluto A ao E, Sênior e Lady. Haverão premiações diárias das respectivas categorias programadas.

 

Por: Junior Martins/Especial CBTM


Atleta base da seleção brasileira, Karina Shiray - Daniel Zappe/CBTM