Foto:Instagram-OperárioPR


Neste domingo (16 de setembro), Operário-PR e Cuiabá fazem o primeiro jogo da final do Campeonato Brasileiro da Série C 2018. A bola rola às 14h30 (horário de Cuiabá) no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (118 km de Curitiba). A partida terá transmissão ao vivo da CBF TV, no YouTube.

 

CAMPANHAS 

Esta será a terceira decisão consecutiva que os finalistas vieram da mesma chave na fase de grupos. O Operário-PR terminou a primeira etapa da Série C na segunda colocação, com 35 pontos. Foram dez vitórias, cinco empates e três derrotas em 18 jogos. 
 
No mata-mata, o Fantasma eliminou o Santa Cruz nas quartas de final. O alvinegro saiu em desvantagem ao perder a partida de ida em Recife pela contagem mínima, mas reverteu a o placar em casa e venceu por 3 a 0. Na semifinal, a vítima da vez foi o Bragantino. Após dois empates sem gols, a classificação para a final veio nos pênaltis. 

O Cuiabá foi o terceiro colocado na primeira fase, com 32 pontos. A campanha do auriverde teve dez vitórias, dois empates e seis derrotas. Nas partidas eliminatórias, o time conquistou o acesso à Série B depois de passar pelo Atlético-AC ganhando por 2 a 0, em casa, e empatando por 2 a 2, no Acre. 

Na semifinal, o Botafogo-SP cruzou o caminho do Auriverde. Depois de um 0 a 0 em Mato Grosso, o Cuiabá massacrou o Pantera Negra em Ribeirão Preto por 3 a 0. 

Nos confrontos diretos, vantagem para o Dourado. Na partida realizada na Arena Pantanal, na Capital mato-grossense, a equipe cuiabana passou por cima do Fantasma e goleou por 4 a 0. Em Ponta Grossa, os times ficaram no empate por 1 a 1. 
 
 
DESTAQUES

Pelo lado da equipe paranaense, os holofotes estão voltados para o goleiro Simão. Na disputa por penalidades contra o Bragantino, o arqueiro defendeu duas cobranças e foi o herói da classificação do Operário. 

No Cuiabá, a bola da vez é o atacante Jenison. Reserva no início da jornada, ele ganhou a posição de João Carlos na reta final do campeonato e a confiança do técnico Itamar Schulle. Na semifinal, fez dois dos três gols contra o Botafogo-SP, fora de casa. 
 

DESFALQUES

O Fantasma não poderá contar com o lateral direito Léo, que foi expulso na última partida. Em contrapartida, o volante e capitão do time Chicão está de volta após cumprir suspensão automática. 

Já o Dourado não terá o atacante Bruno Sávio. O jogador sofreu lesão muscular e foi vetado pelo departamento médico. Além dele, o meio-campista Hiltinho recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Botafogo e também não fica a disposição. 

 
ESCALAÇÕES PROVÁVEIS

Operário-PR: Simão, Danilo Baía, Alisson, Sosa, Peixoto, Chicão, Quirino, Erick, Bruno Batata, Robinho, Cleyton. 
Técnico: Gérson Gusmão. 

Cuiabá: Victor Souza, Jean, Ednei, Edson Borges, Danilo, Marino, Alê, Eduardo Ramos, Adriano Pardal, Doda, Jenison. 
Técnico: Itamar Schulle. 

 
ARBITRAGEM

O gaúcho Leandro Pedro Vuaden será o responsável por apitar a primeira partida da final. Os árbitros auxiliares serão Jorge Eduardo Bernardi e Leirson Peng Martins. 
 

Por: João Freitas