Foto:Luis Rodrigues


No segundo jogo da rodada dupla na Arena Pantanal, o Dom Bosco se classificou para a final da Copa FMF, mesmo perdendo para o Poconé pelo Placar de 1 a O. O gol da partida foi anotado por Popozinho, já na segunda etapa, mas como o Azulão havia vencido no jogo de ida por 2 a 0, ficando com a vaga.

Acomodado com a vantagem conquistada no primeiro jogo, o Azulão da Colina jogou com o regulamento de baixo do Braço, pouco ameaçou e sofreu muito para segurar o Poconé.

Precisando da vitória por 2 gols de diferença, o Cavalo Pantaneiro era todo ataque, mesmo com a vitória acabou eliminado da competição. Foi melhor que o adversário no segundo tempo, mas não conseguiu reverter a vantagem do Leão da Colina.

Agora o Dom Bosco irá enfrentar o Mixto na grande final da Copa FMF, no clássico Vovô. O primeiro jogo será realizado já no domingo (09), às 10h.

O jogo

Em um primeiro tempo ruim tecnicamente, nenhuma das equipes criaram chances de gol. O Dom Bosco, aproveitando da boa vantagem conquistada no jogo de ida, jogava com o regulamento de baixo do braço.

 A única boa chance foi criada pelo Leão da Colina, Kaian recebeu enfiada de bola e saiu na cara do gol, na hora de finalizar, o camisa 10 do Azulão se atrapalhou e praticamente recuou a bola para o goleiro Bruno.

O Cavalo Pantaneiro tentava de todas as formas, mas sem conseguir penetrar a defesa adversária, abusou dos chutes de fora da área, que não ofereceu nenhum perigo ao goleiro Jefferson.

Na volta do intervalo o treinado do PEC, Thiago Costa fez duas alterações, Everton deu lugar à João Meirele e Maycon saiu para a entrada de Lucas “Popozinho”.

As alterações colocaram o time do Poconé pra frente, a estratégia deu certo, Aos 15 minutos o lateral do Dom Bosco tentou sair jogando, perdeu a bola para Popozinho, que carregou e bateu para o gol, o chute travado pela zaga enganou Jefferson e caiu dentro do gol.

Aos 35 minutos a chance do Poconé de marcar o segundo gol, Romarinho foi lançado em velocidade, invadiu a área e bateu rasteiro na saída do Jefferson, a bola passou rente a trave e saiu pela linha de fundo.

O Dom Bosco teve a chance de matar a partida aos 40 minutos da segunda etapa, Claudeci fez boa jogada na linha de fundo e cruzou para trás, Ramão sem goleiro finalizou de primeira por cima do gol.

 Dom Bosco

Jefferson; Wilson, Bruno, Guilherme, Natal (Jó); Renato, Paulo Henrique, Claudeci, Kaian (Matheus Vinicius); Ramão e João Pedro (Enio Junior)

Poconé

Bruno; Erick, Valdinei, João, Gabriel; Lucas, Everton (João Meirele), Maycon (Lucas Fortes), Gabriel Lucas; Romarinho e Bruno Passos

Por: Luis Rodrigues