Foto: Jhony Pinho/AGIF/CBF


A emoção tomou conta dos torcedores de Vitória e Ceará na noite desta quarta-feira (26). Em busca de vaga na quarta fase da Copa do Brasil, os times se enfrentaram no Barradão e fizeram um jogo para lá de movimentado, com direito a sete gols. O Vozão levou a melhor vencendo por 4 a 3 e garantiu a classificação.

Com a vitória por 1 a 0 na ida, a equipe alvinegra avançou com o placar agregado de 5 a 3 e agora aguarda a definição de seu próximo adversário, que será conhecido em sorteio.

O jogo

O primeiro tempo começou movimentado, com o Vitória abrindo o placar logo aos sete minutos, quando Thiago Carleto cruzou na área, Luiz Otávio desviou de cabeça, e Léo Ceará pegou a sobra e chutou de primeira: 1 a 0. Os dois times seguiram se apresentando bem no setor ofensivo, e o Leão ampliou aos 15. Vico foi derrubado por Fernando Prass na área, e Thiago Carleto cobrou o pênalti para fazer o segundo do time baiano. Aos 21, o Vozão teve a primeira boa chance quando Rafael Sobis recebeu bom passe de Samuel Xavier e finalizou da entrada da área, balançando as redes pelo lado de fora.

Depois, aos 30, após desentendimento na área, Léo Ceará e Charles acabaram expulsos. Seis minutos depois, Leandro Carvalho tentou avançar na área, e Vico chegou para fazer o corte e acabou tocando na bola com o braço. Por reclamação, o atacante recebeu o segundo cartão amarelo e também acabou expulso. Com dois a menos, o Vozão teve Rafael Sobis na cobrança de pênalti, mas viu Ronaldo fazer a defesa. Os minutos finais seguiram intensos. Primeiro, o goleiro do Leão pegou finalização de Leandro Carvalho. Mas, depois, o Ceará teve mais um pênalti marcado – de Fernando Neto em Rafael Sobis –, e Vina converteu para descontar para o time da casa.

O início do segundo tempo teve o mesmo ritmo intenso da etapa inicial. Aos dois minutos, Leandro Carvalho mandou a bola na pequena área em cobrança de escanteio, e Thiago Carleto apareceu para tirar o perigo, mas acabou marcando contra. Embalado pelo empate, o Ceará quase virou com Leandro Carvalho, que finalizou com efeito e viu a bola tirar tinta da trave. E o Vitória quase marcou um golaço com Gabriel Furtado, parado em Fernando Prass. Com o jogo lá e cá, as redes balançaram novamente aos 15 minutos. Vina se livrou da marcação de Maurício Ramos e passou para Fernando Sobral, que chutou cruzado e virou para o Vozão. Mas a comemoração durou apenas quatro minutos, quando o Leão voltou a empatar. Após cobrança de falta na área, a bola sobrou na área para Jonathan Bocão finalizar e ver Fernando Prass espalmar. No rebote, Caicedo não desperdiçou: 3 a 3.

O empate já ia dando a classificação para o Ceará, que carimbou a vaga para a próxima fase com mais um gol, já aos 43 minutos. Após cobrança de escanteio, Samuel Xavier avançou e passou para Lima, que girou e marcou um belo gol: 4 a 3.

Por: Da Redação com CBF