Foto:Divulgação União E.C (arquivo)


União e Operário FC se enfrentaram na tarde desse domingo (19), no Luthero Lopes em Rondonópolis. A torcida do União que sempre marcou presença, não fez feio dessa vez. Cerca de 1.600 torcedores assistiram à vitoria do União em casa.

O jogo

Durante toda a partida, o União se destacou mais dentro de campo. Durante o primeiro tempo, o time de Rondonópolis concentrou suas jogadas pelo lado direito, com Willyam e Vinícius aparecendo bastante. Aos 22’ Kall abriu o placar para o União com o gol de cobrança de falta.

Após o primeiro gol,o time da casa começou a ficar um pouco indeciso ao passar as jogadas, perderam volume de jogo, sem conseguir finalizar as jogadas ou passar rápido a bola. Quase ao final do primeiro tempo, a defesa do Operário falhou, mas o União perdeu a chance de gol.

Apesar de o Colorado ser uma equipe melhor que o Operário, o time não fez um bom primeiro tempo e técnico prometeu que posicionaria melhor os jogadores pro segundo tempo.

Na metade do segundo tempo, Kall, autor do primeiro gol do União começou a sentir o joelho e pediu para sair de campo com suspeita de rompimento de ligamento. No Operário também teve substituição, Hidalgo ficou fora do campo por um tempo sem condições de jogar e o time visitante jogou por alguns minutos com um jogador a menos até que o jogador foi substituído por Sapo.

Visivelmente o Colorado melhorou o desempenho no segundo tempo e Calado marcou o segundo gol aos 10’, para a alegria do torcedor, enquanto que o Operário não conseguia mais reagir. Mesmo adiantando seus jogadores, não obtiveram muito resultado. Apesar de estarem perdendo, os jogadores não apelaram.

Já aos 40’ do segundo tempo, Vinícius recebeu a bola e chutou em uma bobeira da defesa visitante. A bola passou pelo goleiro Guilherme e se enterrou no fundo do gol. Com o União ganhando de 3 a 0, os jogadores deram a partida por finalizada e começaram a deixar o campo antes do apito final. Com essa vitória, o Colorado garantiu mais três pontos na tabela.

Escalação:

Operário FC: Guilherme, Felipe, Messias, Hidalgo e Pedro; Murilo, Xingu, Danilo e Ângelo; Leco e Lucacio.

Por: Gabriela De Lima


Escalação União E.C