Foto: Olhar Esportivo


A Federação Mato-grossense de Futebol resolveu cancelar a reunião presencial com os clubes que estava agendada pela própria entidade para a próxima quinta-feira (21), às 14h30, na Associação dos Advogados, na capital. Após confirmar ao Olhar Esportivo e informar toda imprensa nesta terça-feira (19) sobre o encontro, a FMF voltou atrás, alegando evitar o trânsito dos presidentes de equipes vindos de municípios diferentes.

“Conforme anunciado, o encontro seria realizado nesta quinta-feira (21), mas a FMF junto com o Poder Público decidiu remarcar a reunião para uma outra data a ser confirmada, evitando assim o trânsito dos representantes das equipes para municípios diferentes. A FMF, seguindo as orientações das autoridades competentes ao combate da pandemia, preza pela segurança e bem estar de todos os envolvidos”, informou a FMF.

Conforme apurado pelo site Olhar Esportivo, o principal assunto que seria tratado na reunião presencial, era sobre o futuro do Campeonato Mato-grossense 2020, que está suspenso por tempo indeterminado desde o dia 18 de março, véspera das quartas de final, devido à pandemia da Covid-19. Até o momento, não há uma definição da continuidade do certame.

A princípio, de acordo com nota oficial da FMF, a reunião seria em local aberto e teria a participação apenas de um representante de cada clube e membros da Federação. A entidade informou que adotaria todas as medidas necessárias de segurança conforme a orientação dos órgãos responsáveis pelo combate à pandemia, inclusive, não seria permitido a presença da imprensa na reunião por motivos de segurança.

Cenário regional

Em Mato Grosso, todas as equipes estão com os seus treinos suspensos. Apenas o Cuiabá tentou retomar as atividades presenciais na última semana, mas paralisou novamente, monitorando os atletas de casa, na capital mato-grossense. Os outros times não esboçam retorno até o momento e alguns desfizeram dos elencos, por conta dos vencimentos de contratos.

Cuiabá, Operário(VG), União, Sinop, Nova Mutum, Poconé, Dom Bosco e Luverdense, nesta sequência, se classificaram para o mata-mata. Mixto e Araguaia, até então, foram rebaixados para a segunda divisão.

Secretário-geral da CBF admite que algumas federações querem cancelamento de estaduais em 2020

Por: Pedro Lima / da Redação