Foto:Thiago Mattos/Olhar Esportivo


 Na final da Copa FMF e prestes a comandar a seleção sub-20 de Mato Grosso na Copa do Brasil de seleções estaduais. Gianni Freitas é a ‘bola da vez’ no futebol mato-grossense. Após a apresentação dos convocados ontem, no CT do Cuiabá. O treinador conversou com o Olhar Esportivo.

Com muitos atletas de Dom Bosco e Cuiabá, que disputarão a final da Copa FMF neste sábado (25), Gianni admitiu que não irá fazer um trabalho físico muito puxado, pois a estreia na competição já é no dia 29, contra o Amazonas, em Belo Horizonte.

“Vamos fazer primordialmente trabalho com bola. Os atletas todos estão em fim de temporada então não irei forçar muito na parte física”, explicou o comandante.

Além da seleção do Norte do país, MT ainda terá a delegação sede do Grupo 3 pela frente, que é a Seleção mineira sub-20. Questionado sobre haver muita diferença entre os adversários, o técnico não se esquivou.

“Logicamente que futebol é assim, a partida contra o Amazonas em tese é um jogo mais igual, enquanto que contra a seleção mineira somos azarões. Não temos que nos preocupar com isso, e sim com o rendimento da equipe e em fazer grandes jogos”, pontuou Gianni.

Ao final, perguntado sobre o forte rumor de que se afastaria da carreira de treinador em 2018, Gianni confirmou os problemas de saúde, mas não garantiu que o trabalho frente a seleção mato-grossense será o seu último.

“Estou sim com alguns problemas de saúde, de algumas semanas pra cá tenho tido mais cuidado, me cuidando e tomando os medicamentos que preciso. Vamos deixar isso em aberto”, finalizou o treinador.

Por: Thiago Mattos


Um dia após a tensa final da Copa FMF, Gianni reencontrou Eduardo Henrique