Foto: Secretário da Secel Beto Machado, primeira dama Virgínia Mendes, governador Mauro Mendes e presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi - Reprodução


Na última semana o Governo de Mato Grosso informou a criação do Edital Movimentar, que será aplicado através da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer – Secel-MT, também em parceria com a Assembleia Legislativa.

A iniciativa visa proporcionar renda a muitos trabalhadores dos segmentos da cultura e do esporte neste momento de pandemia, com R$ 2 milhões de investimentos em projetos de apresentações, oficinas, cursos e palestras nas diversas modalidades, de forma on-line.

“Vamos lançar nos próximos dias o edital de apoio aos profissionais da cultura e do esporte, nesse período de pandemia, com algumas restrições, vamos criar o edital para que possam se apresentar, com devidas lives e atividades esportivas na internet. Vamos apoiar e ajudar esses profissionais”, disse o governador Mauro Mendes.

A meta inicial do Governo é alcançar 630 pequenos projetos, atendendo aproximadamente 1.000 profissionais em todo o Estado.

Segundo o secretário de cultura, esporte e lazer de Mato Grosso, Alberto Machado, vale ressaltar que os profissionais que já estão sendo atendidos em outros projetos, como a Lei Aldir Blanc e Bolsa Atleta, não poderão participar, buscando atender os trabalhadores que estão desamparados neste momento.

“O objetivo é que atenda as pessoas que estão tendo o trabalho tanto esportivo quanto cultural, impedidos em função desse agravamento da pandemia em nosso país. Adiantamos que os profissionais que tiveram projetos comtemplados pela Lei Aldir Blanc e foram selecionados no Bolsa Atleta, não poderão participar, isso porque queremos ampliar a área de atuação, para que esse recurso chegue a quem realmente está desamparado nesse momento”, completou o secretário da Secel, Alberto Machado.

Por: Pedro Lima / Da Redação