Foto: Crédito Bruno Oliveira / Fortaleza - Montagem / Arquivo Pessoal / Olhar Esportivo


O zagueiro cuiabano Jackson Souza retomou os treinamentos juntamente com o elenco do Fortaleza Esporte Clube, que reiniciou suas atividades, em campo, na tarde desta terça-feira (02), depois de período de paralisação. O elenco se reapresentou no dia 30 de maio.

A retomada dos treinamentos ocorreu após a conclusão de testagem e avaliações específicas para Covid-19. Atletas, comissão técnica, staff e colaboradores voltaram a trabalhar cumprindo todas as determinações do protocolo governamental, inclusive o zagueiro mato-grossense Jackson Souza, que estava em período de quarentena em Cuiabá.

“Fizemos os testes do Covid-19 e aguardamos sair os resultados. Na segunda já estávamos com os resultados, e na terça começamos os treinos, com algumas recomendações do clube. Já saímos de casa com o uniforme do clube, na chegada medem a nossa temperatura, higienizam as mãos, nos encaminham direto pro campo, onde cada jogador tem sua cadeira com sua identificação, com todos os seus pertences, suplementos, água, lanche por treino. Seguimos pro treinamento, divididos por grupos de alguns jogadores em cada campo”, disse Jackson ao Olhar Esportivo.

A dinâmica ocorreu com grupos separados em quatro atletas, treinos em horários diferentes, utilizando dois campos. As atividades aconteceram obedecendo distanciamento estabelecido no protocolo.

“Importante a retomada, mesmo com os procedimentos de distanciamento, é prazeroso poder trabalhar novamente em campo, e juntos dos companheiros, mesmo que seja com grupo reduzido”, completou o zagueiro Jackson à reportagem do site Olhar Esportivo.

Dentro das determinações iniciais, apenas treinos físicos devem ocorrer sob comando do preparador físico Danilo Augusto, no CT Ribamar Bezerra. Os preparadores físicos Danilo Augusto, Emerson Santana e Celso Santos, além do fisiologista, Edson Palomares, comandaram a atividade que foi acompanhada pelo Treinador Rogério Ceni.

Por: Pedro Lima / da Redação


Crédito Bruno Oliveira / Fortaleza

Arquivo Pessoal