Foto: Divulgação Secel


O Governo do Estado de Mato Grosso busca facilitar o acesso dos profissionais de academias e do Esporte e Lazer, às linhas de crédito do Desenvolve MT, que já estão disponíveis no aplicativo do programa. Por conta da pandemia, a linha de crédito foi requisitada pelo secretário de Estado, Cultura, Esporte e Lazer – Secel, Allan Kardec, de R$ 10 mil para capital de giro com carência de até 12 meses para iniciar o pagamento, além de outras possibilidades de parcelamento.

“Na cultura fizemos uma programação extensa com o Festival da Cultura em Casa. No esporte temos uma preocupação maior, além dos cronistas esportivos, do futebol amador e do profissional, nós estamos com as academias fechadas. Eu na condição de professor de educação física, venho da área, estou preocupado com os profissionais liberais, o personal trainer, o treinador esportivo, professor de hidroginástica, professores de ginástica em espaços abertos, alguns locais já estão funcionando com as medidas de segurança para a população. Conseguimos através do Desenvolve MT, liberar um recurso na ordem de até R$ 10 mil, não é uma ajuda gratuita, um financiamento com juros baixíssimos, de 0,5% ao mês, com carência de até 12 meses. Temos essa possibilidade aos profissionais liberais da área da atividade física do esporte e lazer. São para MEIs, e para pequenas empresas, com capital de giro até 10 mil reais, isso é para o pessoal que trabalha na linha de esporte e lazer”, disse Allan Kardec.

Formado em educação física e oriundo do esporte, o secretário considera como uma atividade de saúde essencial. Mato Grosso conta com milhares de academias de médio e grande porte, que empregam dezenas de funcionários, além dos espaços públicos, com isso, o intuito é ampliar o acesso aos empréstimos junto ao Desenvolve MT.

“Precisamos encontrar um caminho, tal como fizemos na cultura, para ajudar esses profissionais do esporte. Um diálogo melhor com o setor do Desenvolve MT, para tentar desburocratizar. O César Miranda, a equipe do MT, já está trabalhando. Essa semana, por determinação do governador, reuniremos com a equipe, para ver qual possibilidade de ajuda para esses profissionais que estão passando por dificuldades mesmo, aqueles profissionais liberais, que só recebem quando tem uma atividade para ele fazer, não tem carteira assinada, não é um servidor público, é um profissional que precisa da atividade esportiva para colocar comida em casa. A expectativa é que a gente socorra também as grandes academias. Temos em Mato Grosso mais de mil academias de médio à grande porte, que têm mais de 40 funcionários. Essas empresas que trabalha no ramo da saúde, que é o cuidado com a condição física. São profissionais primordiais nesse momento”, afirmou o titular da Secel.

Ainda segundo o secretário Allan Kardec, o ano tinha uma programação bem evolutiva para 2020. Após um ano de recuperação em 2019, esse ano agregaria retomadas de competições e grande apoio ao Esporte e Lazer de Mato Grosso.

“Fomos pegos de surpresa, esse era um grande ano programado para cultura, esporte e lazer. Ano passado foi um ano de recuperação, e esse ano tínhamos uma programação vasta. No esporte, a realização dos Jogos Escolares em 10 grandes regiões do estado, o retorno dos Jogos Estudantis de Seleção, campeonato estadual com participação do Governo do Estado depois de 10 anos do último convênio com a Federação Mato-grossense de Futebol. São áreas afetadas, as primeiras que pararam, fechamos os estádios, ginásios, e não temos perspectiva a curto prazo para reabrir, mas o governador Mauro Mendes, a nossa equipe tem trabalhado nessa situação”, completou.

Por: Da Redação