Foto: Divulgação


O Luverdense Esporte Clube segue em situação complicada no segundo turno da Série C do Campeonato Brasileiro. A equipe teve um empate e uma derrota, seguindo na nona colocação da competição nacional, com apenas 10 pontos ganhos.

Após o empate contra o São José(RS) sem gols no sábado passado em Lucas do Rio Verde, o Luverdense irá enfrentar o Remo(PA) no próximo sábado(13), a partir das 15h, no retorno do estádio Baenão, que recebe uma partida oficial aberta ao público após cinco anos, em Belém do Pará.

Na defensiva, o técnico Júnior Rocha terá o retorno do zagueiro Hélder Maciel. Sem o volante Lorran, expulso no jogo passado e o volante Moisés, no Departamento Médico, o volante Magno, que chegou por empréstimo do Cuiabá deverá estrear. Outro que ganha grande chance de jogar, é o atacante Léo Goteira, que foi regularizado no início da semana no Boletim Informativo Diário.

A escalação inicial deverá ser com Edson; Pedro, Hélder Maciel, Lucão e Jefferson Recife; Magno, Fábio e Juninho Tardelli; Gabriel Honório, Anderson Ligeiro(Léo Goteira) e Tozin.

O adversário está na terceira colocação do grupo B da Série C, com 17 pontos. Com o meia Eduardo Ramos no time e após cinco anos, o Leão volta a jogar no seu próprio estádio, o Baenão. Mais de 13 mil ingressos foram disponibilizados à venda.

Campanha

O Luverdense fez 11 jogos na Série C do Brasileiro 2019, sendo uma vitória, sete empates e três derrotas. A equipe está empatada em pontos com o Boa Esporte(MG), que é o oitavo, primeiro fora da zona do rebaixamento.

Por: Pedro Lima / da Redação