Foto:Rafael Fernandes/Guarani Press


 O Luverdense está rebaixado para a Série C. O time de Lucas do Rio Verde empatou em 0 a 0 com o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, na noite desta sexta-feira (17). Com o resultado, os mato-grossenses podem até igualar a pontuação do adversário, mas ficariam com uma vitória a menos.

O primeiro tempo foi equilibrado, com o Guarani buscando o jogo, sem se agarrar ao empate. Os paulistas chegaram a colocar uma bola no travessão aos 36 minutos com Richarlyson. Já no segundo tempo, o panorama mudou e os campineiros se seguraram no campo de defesa.

A grande chance do Verdão do Norte veio aos seis minutos do segundo tempo, após bate-rebate na área, a bola sobrou para Rafael Silva, que bateu cruzado e a bola passou rente ao poste direito bugrino.

Os mato-grossenses dominaram o Guarani até os 19 minutos da etapa final, a partir daí o time da casa conseguiu ficar bem mais com a posse de bola e o time do Lec foi se desesperando. O atacante Erik entrou no lugar de Rafael Ratão e, além de jogar mal, ainda foi expulso aos 41 minutos por dar uma cabeçada infantil em jogador do Guarani.

O clima esquentou de vez já aos 45 minutos, quando Maico Gaúcho chutou uma bola que saía pela lateral no zagueiro Diego Jussani. Confusão generalizada e Marcos Aurélio expulso por xingar o árbitro de ‘ladrão safado’ (o motivo seria um toque de mão no início de um contra-ataque paulista).

Fim de jogo e, de forma melancólica, o Luverdense volta para a Série C após disputar a segunda divisão por quatro anos consecutivos. O time se despede da competição contra o Náutico, dia 25, no Passo das Emas.

Escalações

Guarani: Leandro Santos, Lenon, Diego Jussani, Wilian Rocha e Salomão; Betinho, Baraka, Bruno Nazário e Fumagalli (Luiz Fernando); Richarlyson (Paulinho) e Bruno Mendes.

Luverdense: Diogo Silva, Aderlan, Pablo, Willian e Paulinho; Guly (Ricardo), Douglas Baggio (Léo Cereja) e Marcos Aurélio; Rafael Ratão (Erik), Rafael Silva e Sérgio Mota.

Por: Thiago Mattos