Foto: Matheus Vargas comemora gol decisivo contra o Fluminense-RJ na 4ª fase da Copa do Brasil - Divulgação Clube Atlético Goianiense


O meia mato-grossense Matheus Vargas foi decisivo na noite desta quinta-feira (24) pela Copa do Brasil 2020. Opção do técnico Vagner Mancini no banco de reservas, o meia entrou no segundo tempo e marcou o gol que eliminou o Fluminense na 4ª fase da competição nacional.

Fora de casa, o Atlético-GO havia perdido por 1 a 0 no Maracanã. Jogando no estádio Olímpico, em Goiânia, o Dragão vinha conquistando a vitória por 2 a 1, levando a disputa para os pênaltis.

Após entrar na etapa final, Matheus Vargas não esperou as penalidades para decidir a partida. Aos 47 minutos, Vargas aproveitou jogada de Matheuzinho e garantiu a classificação do Atlético às oitavas de final, fazendo 3 a 1.

Com o triunfo, o time goiano embolsa mais R$ 2,6 milhões. Ao todo, vindo desde a primeira fase, o clube da Série A garantiu R$ 8,08 milhões até o momento na Copa do Brasil 2020.

NATURAL DE CLÁUDIA-MT

Matheus Vargas nasceu em Cláudia-MT, cidade do nortão de Mato Grosso, próximo à Sinop. O meia-ofensivo começou a carreira no Audax Rio, passou também por Corinthians-SP, Oeste-SP, Osasco Audax, Kerkyra da Grécia, Ponte Preta-SP e Fortaleza. Em 2020, aos 24 anos, foi contratado pelo Atlético Goianiense, por onde já fez 16.

CUIABÁ NA COPA DO BRASIL

A CBF fará o sorteio dos confrontos das oitavas de final no dia 1º de outubro. O Cuiabá, campeão da Copa Verde 2019, está credenciado para esta fase, juntamente com Athletico-PR, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Inter, Palmeiras, São Paulo e Santos, que estão na Libertadores; Fortaleza, por ter sido campeão da Copa do Nordeste; e o RB Bragantino, campeão da Série B. América-MG, Atlético-GO, Botafogo-RJ, Ceará e Juventude-RS vieram desde a 1ª fase.

Por: Pedro Lima / Da Redação