Foto:Júnior Martins


O tenista de Sinop Mathaus Fellipe Spiering venceu seu conterrâneo Caio Marques por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/3, na final do ALT Brasil Master Tênis 2017. A competição foi a décima segunda e última etapa do Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso, sendo disputada de 06 a 10 de dezembro na academia Cia do Tênis, em Cuiabá.

Com a vitória Mathaus fechou a temporada na segunda colocação do ranking estadual de tênis. Já Caio Marques acabou na terceira posição. Resultados expressivos já que os dois participaram de apenas seis das doze etapas do circuito.

A primeira colocação do ranking ficou com o cuiabano Robson Nunes que parou na semifinal do torneio, porém ele conseguiu mais pontos ao longo da temporada, participando de onze das doze etapas.

 Mathaus Spiering contou as dificuldades da sua conquista:

- Dezembro é um período muito chuvoso e isso se reflete no tênis. Com as quadras encharcadas da chuva, o piso de saibro fica fofo e isso faz a bola quicar menos. Assim a partida fica mais difícil, os tenistas têm de se adaptar e a estratégia de jogo muda. Nessa situação é legal cortar mais a bola, usar o slice, as curtas e ir para a definição. Neste ano disputei seis torneios, venci em cinco deles e fui vice no outro. Só tive uma única derrota no ano e foi para o Robson.

Balanço do ano

O presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Rivaldo Barbosa, fez um balanço da modalidade no estado em 2017:

 - o Circuito Estadual acontece desde 2007, quando foi reativada após um período de inatividade. De 2011 até 2014 foram os anos mais penosos, pois os torneios tinham baixa adesão de tenistas. Contexto que começou a mudar em 2015, com a reestruturação da FMTT e com a aplicação de uma política de maior envolvimento dos clubes. 2017 ratificou um trabalho iniciado três anos atrás, com a reorganização da federação e do formato do Circuito Estadual. Conseguimos o êxito de bater recordes de inscritos nos torneios e também de ter uma integração efetiva com o interior, onde destacamos a participação de Sinop, Sorriso, Primavera do Leste, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis e Barra do Garças. E outra mudança foi o crescente interesse de patrocinadores do tênis.

 

Por: Redação