Foto:Luis Rodrigues


Antes mesmo de o último jogo da primeira fase começar, a Copa FMF já se encaminhava para o “tapetão”. Isso porque o Mixto Esporte Clube encaminhou notificação à procuradoria com denuncia contra o Cuiabá Esporte Clube, por conta da escalação irregular do atleta Savio Gabriel Das Neves. O Alvinegro pede a punição do Dourado com a perda de 30 pontos.
 
No documento, consta que no dia 03 de junho de 2018, a 1ª Comissão Disciplinar Desportiva do TJD/MT, reuniu para julgamento de punições disciplinares de atletas. Na ocasião julgou-se o campeonato Sub-19, em especial o processo nº 54/2018, partida entre Poconé e Cuiabá pela primeira fase da competição. Foi julgado a expulsão do jogador Savio, e o tribunal determinou a suspensão do atleta por dois jogos.
 
Fato é que quando julgado, o campeonato já havia acabado, devendo assim cumprir a suspensão no próximo campeonato subsequente. E isso não ocorreu, pois já na primeira rodada da Copa FMF, no dia 26/09/2018, o Cuiabá escalou o atleta na vitória contra o Dom Bosco, pelo placar de 1 a 0. Nas partidas contra Araguaia, Poconé, União e Mixto. Apenas na última rodada, contra o Operário-VG, o jogador não foi relacionado para a partida.
 
Como funciona
 
Após a procuradoria receber os documentos, ela acata ou não pelo arquivamento da denúncia. Caso seja aceita a denúncia o processo vai para o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) que decide por acatar o não, inclusive dando liminar para suspender partidas e até o campeonato, já na mesma decisão poderá marcar o julgamento.
 
 
 

Por: Luis Rodrigues